© 2017 gru360 / Aqui Guarulhos se encontra em 360 Graus 

FIQUE LIGADO: GUARULHOS TEM PERTO DE 24 MIL CRIANÇAS EM CRECHE NA REDE PÚBLICA E CONVENIADA

October 19, 2017

 

 

Os números não variaram muito de 2016 para 2017. No ano passado estavam registradas pouco mais de 23.800 crianças em creches da Prefeitura ou de entidades beneficentes conveniadas que recebem recursos da Prefeitura para cuidar das crianças em creches. Neste ano de 2017 o número de crianças na rede pública ou conveniada municipal é pouco mais de 23.900. Nenhuma creche pública foi inaugurada neste ano. Duas conveniadas foram inabilitadas e uma nova começou a funcionar nesta semana. A distribuição das vagas é assim: cerca de 13.800 nas creches municipais e pouco mais de 10 mil na rede beneficente conveniada. Se for observada a situação do ano de 2.000 para cá a diferença é impressionante. Parece inacreditável, mas, no início da década passada apenas 325 crianças eram atendidas pela Prefeitura.

 

VICE-PREFEITO LEVA À POLÍCIA O CASO DA ESCUTA CLANDESTINA NA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DE GUARULHOS

Na frente da Delegacia Seccional de Polícia o vice-prefeito Zeitune(Rede) gravou ontem um vídeo denunciando um “gravíssimo crime de arapongagem contra sua pessoa”. O vice se refere à aparelhagem de escuta ambiental encontrada no gabinete que ocupava na Secretaria de Educação de Guarulhos antes de ser subitamente demitido pelo prefeito Guti. No vídeo ele anuncia que estava lá para fazer um boletim de ocorrência. E prometeu que o prefeito teria que recebê-lo e explicar tudo o que ocorreu. Prometeu revelações maiores. Disse que vai resistir e defender o programa de governo que pregava transparência e não crimes. Aos poucos vai se desvendando a queda súbita do secretário vice e de toda a cúpula da Rede.

 

CONTINUAM AS ELEIÇÕES DOS CONSELHEIROS/AS DA SAÚDE EM GUARULHOS

Boa parte das unidades municipais da saúde estão passando por um processo de eleição dos conselhos gestores de cada unidade, seja hospital, PA, UPA, CEMEG, CAPS, UBS. Estes conselhos foram criados a partir de 2005 por iniciativa da Prefeitura à época e por lei do então vereador Jonas Dias. A eleição se faz nas próprias unidades, como já ocorreu no HMU, Hospital da Criança, Hospital dos Pimentas, e em outras repartições da saúde municipal. Nesta quinta-feira (19) ocorre a eleição na UPA Paulista, há muito tempo pronta e inaugurada este ano. Outra forma de participação popular criada na mesma época da criação dos conselhos, as assembléias regionais do chamado Saúde Participativa, que era praticada mas  não constava em lei, foi extinta pela atual administração.

 

FISCAIS DO TRABALHO ESCRAVO PROTESTAM COM GREVE NO PAÍS

Em 21 estados, os fiscais do Ministério do Trabalho paralisaram suas atividades em protesto contra a portaria do ministro do Trabalho de Temer que inviabiliza a punição dos patrões escravocratas. São fiscais da área rural e de regiões remotas onde ainda persiste o trabalho forçado e vigiado por capangas armados. São também fiscais das áreas urbanas onde tarefas de montagem de produtos, tarefas de costura, trabalho na construção civil são estafantes, insalubres, opressivas e similares à escravidão.

 

UMA MONSTRUOSIDADE, DIZ O PROCURADOR GERAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO

A principal autoridade atual do Ministério Público do Trabalho, Luiz Bojart, declarou ontem que o governo Temer está fazendo voltar as relações de trabalho a dois séculos atrás, quando ainda vigorava a escravidão negra no Brasil. A portaria retrógrada publicada pelo Ministro do Trabalho de Temer praticamente inviabiliza a punição de exploradores de pessoas. Ela dificulta com camadas e camadas de burocracia o trabalho de fiscalização e de inscrição na ‘lista negra’ dos patrões escravistas.  E impede os trabalhadores resgatados de receber o seguro-desemprego. Desde 2013, quando foi aprovada lei mais rígida de combate ao trabalho escravo, dezenas de deputados e senadores da bancada ruralista mais o líder do governo no Senado, Romero Jucá, querem abrandar as regras como agora o fez o ministro Ronaldo Nogueira.

 

NOS DISCURSOS OPOSIÇÃO TEVE MAIORIA, NOS VOTOS TEMER VENCEU

A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Federal aprovou parecer inocentando Temer da denúncia de formação de quadrilha com a cúpula do PMDB para obter propina. Nas falas, 48 deputados/as se pronunciaram contra Temer e só 13 a favor. Mas, no voto o placar final foi de 39 votos a favor de Temer e 26 contrários. A votação final será na quarta (25) no plenário da Câmara pelos 513 deputados/as. Pelo que aconteceu na Comissão, na sopa de siglas partidárias, Temer tende a ser vitorioso com apoio de parlamentares do PMDB, PSDB, DEM, PR, PSD, PTB, PRB, PP, PV, PHS, PROS, Avante e Solidariedade.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload