Fique Ligado: secretário de Guarulhos fala mal do funcionalismo municipal

October 27, 2017

 

O secretário de Desenvolvimento Econômico de Guarulhos, Rodrigo Barros, declarou em palestra: “A maioria dos  25 mil servidores públicos da cidade não sabe o que está fazendo ali, e por que está ali, a não ser para pagar as contas no fim do mês”.  O vídeo, com outros conceitos depreciativos sobre o funcionalismo,  viralizou na internet . O Sindicato dos trabalhadores municipais (STAP), convocou um protesto para o dia 31, terça, às 17 horas em frente à sede da Prefeitura. O sindicato diz em nota: “O secretário chegou agora, não conhece o funcionalismo, deve um pedido formal de desculpas”. A Câmara Municipal, segundo o líder do governo, vai chamar o secretário para se explicar na Comissão do Funcionalismo Público.

 

AS IDEIAS ULTRANEOLIBERAIS DO SECRETÁRIO DE DESENVOLVIMENTO

O secretário Rodrigo Barros absorveu o pensamento ultraneoliberal do chamado Vale do Silício, nos Estados Unidos. Segundo disse ele na palestra divulgada: “O poder hoje não está nos governos e nas grandes instituições. Está nas mãos das pessoas”. É a fantasia de que todos podem ser empreendedores e enriquecer. É a face profana e laica da teologia do individualismo e da prosperidade. Nada mais falso do que isso. Os governos são muito fortes (veja-se o poder de polícia do mundo exercido pelos Estados Unidos, ou as imposições de todo tipo que os governos fazem à sociedade). As grandes corporações privadas são até mais fortes que os governos e ditam o ritmo deles e da sociedade (bancos, investidoras em ações, petroleiras, farmacêuticas, químicas, automobilísticas, armamentos, alimentos, Google, Microsoft, Facebook, Apple, etc).

 

O QUE PENSAM OS ADMIRADORES DO VALE DO SILÍCIO, COMO O SECRETÁRIO

A palestra do secretário de Guarulhos ocorreu num auditório do Expo Center Norte, em São Paulo, no dia 7 de outubro, ao custo de R$ 299,00 a inscrição dos interessados. A promotora do evento foi a empresa StartSe, que se dedica a conectar no Brasil as start-ups, pequenas empresas emergentes de tecnologia, principalmente de internet. A linha básica dos palestrantes era a defesa das tecnologias que substituem os empregos, automizando sempre em tudo, até a confecção de pizzas, ou substituindo as pessoas nas caixas das lojas por scanners, onde os clientes sozinhos passam os produtos e pagam no cartão, vigiados evidentemente por câmaras para não roubar. Segundo os fãs do Vale do Silício: “A tecnologia que destrói empregos aumenta a produtividade de quem restou, e quem ganha são as empresas e seus acionistas”. É o capitalismo do lucro máximo e do emprego mínimo.

 

O VICE-PREFEITO DE GUARULHOS CRITICOU O GOVERNO MUNICIPAL

O vice de Guarulhos, Zeitune, atacou a administração atual em vídeo que divulgou a propósito da palestra do secretário Rodrigo Barros. Segundo ele, este governo é insensível, não respeita os funcionários públicos, é um governo de gabinete, e persegue as pessoas por razões políticas. No vídeo ele não propõe nenhuma medida do prefeito quanto ao secretário.

 

POR QUE SÓ SÃO PAULO VACINA CONTRA A FEBRE AMARELA?

A Prefeitura de São Paulo ampliou para 15 o número de parques fechados por causa da ameaça de febre amarela. Agora são 37 o número de UBSs que aplica a vacina gratuitamente. Antes eram apenas dois. Como todos os parques fechados ficam na Zona Norte de São Paulo, que faz divisa em parte com Guarulhos, é estranho que não haja ainda, vários dias depois, qualquer providência similar nesta cidade.

 

NESTA SEXTA (26) ENCERRAM-SE AS INSCRIÇÕES PARA O CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE

As inscrições de candidatos/as ao Conselho Municipal de Saúde se encerram nesta sexta (26). Quem inscreve as candidaturas são as entidades, instituições, ou movimentos, que tenham participado nos últimos seis meses de reuniões organizadas ou reconhecidas pelo Conselho Municipal de Saúde. São 20 os membros a serem eleitos representando os usuários. Além deles são eleitos 10 membros dos trabalhadores da área da saúde. Outros 10 são indicados pelo governo municipal e por entidades prestadoras de serviços de saúde. O mandato é de dois anos, no caso, de 2018 a 2020.   

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

© 2017 gru360 / Aqui Guarulhos se encontra em 360 Graus 

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now