Fique ligado: promotor publico consegue reativar movimentos sociais, Gerir perde a gestão e outras notícias

November 9, 2017

DESPEJOS EM MASSA DO MINISTÉRIO PÚBLICO REATIVAM MOVIMENTOS SOCIAIS

Muita gente que estava quieta em suas casas construídas ao longo de décadas vieram para a rua defender seu único patrimônio. Mulheres, homens, idosas e idosos, jovens. Eram de 800 a mil pessoas, de todas as regiões da cidade que compareceram ontem na ‘Audiência Pública’. Mais gente do que cabia na Câmara Municipal. Todos angustiados: O que será de nós? Por que agora vêm mexer conosco? Não basta o desemprego? Propondo-se a ajudar na solução, lá se manifestaram oradores das áreas ameaçadas de despejo, deputados, vereadores e vereadoras, o secretário municipal da Habitação, o líder do governo na Câmara Municipal, representantes da Defensoria Pública, da OAB, de inúmeras entidades populares de moradia ou de assuntos urbanos. Faltaram o Ministério Público e o Judiciário, que certamente serão procurados pela população angustiada.

 

FORMADA FRENTE EM DEFESA DA MORADIA

O resultado inicial da movimentação popular foi a formação bastante plural de uma Frente em Defesa da Moradia. Os próximos meses prometem ser bastante movimentados. Os 54 processos apresentados pelo Ministério Público em agosto, e referendados por decisões judiciais provisórias, criaram perplexidade nos profissionais. As cerca de dez mil moradias atingidas não são descritas. Tudo é: ‘cerca de 350 casas com aproximadamente 1750 moradores’, ‘cerca de 650 construções com aproximadamente 2.600 moradores’, e assim por diante. As casas e seus responsáveis não são identificados em nenhum dos processos de despejo. Nem lhes foi dado o direito de entrar no processo para realizar sua defesa. Defensoria Pública, OAB, Procuradoria Municipal, assessorias jurídicas de parlamentares e de entidades populares, se mobilizam para entender e reagir a este tsunami judicial.

 

PREFEITURA SOB PRESSÃO: JUSTIÇA DETERMINA AFASTAR A GERIR DE HOSPITAIS

A Justiça do Trabalho de Guarulhos (3ª Vara) deu acolhida liminar (provisória até a sentença) ao Sindicato dos Trabalhadores Municipais (STAP). Suspendeu o convênio da Prefeitura com a empresa privada Gerir, para quem a atual gestão municipal terceirizou a administração do HMU, do Hospital da Criança, e da Policlínica Paraventi. Pela decisão judicial a Prefeitura deverá reassumir a administração direta destas unidades de saúde com seu pessoal próprio.  Em até 120 dias, os servidores municipais deverão reassumir seus antigos postos de trabalho. A empresa está impedida de contratar pessoal para este convênio.

 

 

 

BURLADA A LEI, E ASSÉDIO MORAL

A alegação aceita pelo Judiciário de primeira instância foi que a contratação não teve aprovação do Conselho Municipal de Saúde, como manda a lei. Ainda que houve constrangimento sobre os funcionários municipais concursados (médicos/as, enfermeiros/as e outros): ou aceitavam submeter-se à gestão da empresa privada, ou eram encaminhados para regiões periféricas da cidade. Muitos médicos em face disso pediram demissão.  E mais alegações: os funcionários que aceitaram ficar sob a nova direção reclamam do tratamento inadequado a eles dispensado pela nova gestora.

 

QUEM É A GERIR

A Gerir é uma empresa privada com sede em Goiânia que procura se espalhar pelo Brasil gerindo hospitais e outras unidades públicas de saúde. Como chegou a Guarulhos e através de quem, ainda não foi explicado. A única outra cidade do estado de São Paulo que a contratou foi Barueri. A vitrine que a empresa apresenta é o hospital público de Goiânia, chamado HUGO. A empresa já atua em Trindade (Goiás), Patos e Taperoá (Paraíba), São Luís e Imperatriz (Maranhão), Ponta Porã (Mato Grosso do Sul), e Rondonópolis (Mato Grosso). Ela acrescentou Guarulhos no currículo que propagandeia pelo Brasil.

 

GUARDAS MUNICIPAIS REIVINDICAM ASCENSÃO FUNCIONAL

Os guardas municipais, hoje perto de 800, pressionam o cumprimento de promessa do atual governo de lhes dar ascensão profissional na carreira (que significa aumento salarial). O secretário municipal de Segurança Pública prometeu atendê-los em 2018.

 

QUITAÚNA VAI DEIXAR A CIDADE

Depois de décadas, a empresa que faz o serviço público mais bem avaliado em todas as pesquisas, a Quitaúna, vai ser substituída. A Prefeitura anuncia que ainda este ano vai abrir concorrência pública para contratar uma nova empresa coletora e depositora do lixo.

 

VÔLEI: CORINTHIANS/GUARULHOS VENCE EM MARINGÁ

O Corinthians/Guarulhos venceu ontem (8), pelo campeonato nacional de vôlei masculino, por 3 sets a zero, o Copel/Telecom, time de Maringá (PR), onde foi realizada a partida. No próximo domingo (12), às 21 horas, esta vez com transmissão pela SporTV, o Corinthians vai enfrentar seu rival de Campinas, o Renata. A partida será no ginásio da Ponte Grande, em Guarulhos.

 

WILLIAM WAACK, DA GLOBO, REVELA SEU RACISMO E É AFASTADO

O famoso apresentador do Jornal da Globo, William Waack, foi flagrado em gravação inesperada manifestando o que pensa de quem é negro. No intervalo de uma gravação lá nos Estados Unidos, havia uma buzina atrapalhando. Aí vem o diálogo revelado que levou a Globo, constrangida, a afastá-lo: “Tá buzinando por que, seu merda do cacete? É preto. É coisa de preto”.

 

Saiba mais em GRU360.com

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

© 2017 gru360 / Aqui Guarulhos se encontra em 360 Graus 

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now