© 2017 gru360 / Aqui Guarulhos se encontra em 360 Graus 

FIQUE LIGADO: MÉDICOS MARCAM GREVE EM GUARULHOS, MTST COMPLETA 20 ANOS, E OUTRAS NOTÍCIAS

December 9, 2017

 

CRISE NO HMU: MÉDICOS MARCAM GREVE SE PERSISTIREM ATRASOS NOS SALÁRIOS

Dezenove médicos e médicas assinaram, na terça (5), uma notificação oficial ao secretário de Saúde de Guarulhos informando sobre atrasos de salários que deveriam ser pagos pela empresa goiana Gerir, contratada pela Prefeitura de Guarulhos, sem licitação, para tomar conta de hospitais públicos. E informam que, se não regularizado o pagamento, entrarão em greve no dia 14 (quinta). O comunicado diz: “Gostaríamos de informar ao poder público que o instituto GERIR, empresa que administra o Hospital Municipal de Urgência de Guarulhos- HMU, está com atraso na remuneração dos serviços médicos há 20 (vinte) dias e afirma não ter previsão para o pagamento pelo motivo do não repasse da verba pública, situação que vem se repetido há alguns meses, sendo que para o pagamento referente ao mês de outubro de 2017 não existe previsão de data, apenas pedido de paciência”. E concluem: “Pelos motivos supramencionados estamos informando com a antecedência mínima necessária que estaremos paralisando os atendimentos a partir do dia 14/12/2017 até que a situação esteja regularizada, mantendo apenas os serviços por lei determinados”. Estes médicos/as prestam serviço no HMU. Os/as que prestam serviço no Hospital da Criança estão na mesma situação.
 

PROFISSIONAIS RELATAM MÁS CONDIÇÕES DE TRABALHO E FALTA DE MÉDICOS

 Na sua notificação extrajudicial, os médicos e médicas a serviço da Prefeitura de Guarulhos acrescentam: “Queremos informar que estamos sendo submetidos a trabalho em condições insalubres, tanto nos confortos médicos quanto dentro dos consultórios de atendimento, onde o som de britadeiras e marteladas tornam até uma simples ausculta pulmonar algo impossível de ser feito, prejudicando o bom andamento do atendimento”. 

 

Continue lendo depois da propaganda:

 

 

E noticiam mais: “O atendimento ao público está sendo prejudicado pela ausência de médicos na escala. Em diversos turnos de plantão está ficando apenas um médico no atendimento, onde era para ter três, o que faz formar filas de espera por tempos extremamente prolongados”. 
 

PRESIDENTE DO SINDICATO DOS MÉDICOS DO ESTADO TAMBÉM PROTESTA

O Dr. Eder Gatti, presidente do Sindicato dos Médicos do Estado de São Paulo divulgou vídeo onde afirma que a Gerir quarterizou os profissionais médicos, sem contrato. Que há dois meses há atrasos de pagamento. Que as escalas de atendimento ficam sem médicos por não receberem pelo trabalho feito. Que esta situação, se perdurar, pode até ocasionar mortes por deficiência no atendimento.

 

MOVIMENTO DOS TRABALHADORES SEM TETO COMPLETA 20 ANOS

Neste mês de dezembro, o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), completa 20 anos. As mais recentes notícias sobre o movimento vieram de Guarulhos (ocupação com cerca de 6 mil famílias em terreno privado no Jardim Centenário, Pimentas), e de São Bernardo (ocupação de terreno privado por cerca de 8 mil famílias).  O MTST se propôs desde o início a organizar os trabalhadores das periferias das grandes cidades, especialmente na Região Metropolitana de ... Continue lendo depois da propaganda.

 

 

 

 

São Paulo. Diferente dos sindicatos, que organizam trabalhadores por categorias profissionais, o MTST se dedica a uma organização territorial. Ele é a versão urbana do MST, movimento dos trabalhadores rurais sem terra, que surgiu há 34 anos, embora sejam organizações independentes. Ambos os movimentos procuram dar uma formação social e política aos seus integrantes. Para comemorar os 20 anos, o MTST promove neste domingo (10) um show com Caetano Veloso, Maria Gadu, Criolo, Péricles  e outros artistas no Largo da Batata, em Pinheiros, a partir das 15 horas. Caetano se apresenta às 18 horas. Este show era para ser realizado em São Bernardo, mas foi proibido por juíza local a pedido de uma associação de moradores de prédios de alto padrão, que ficam próximo ao local da ocupação.

 

PERFIL DOS TRABALHADORES SEM TETO

O DIEESE, Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos, fez pesquisa recente entre as oito mil famílias ocupantes de terreno em São Bernardo, lideradas pelo MTST. O desemprego atinge 42% dos que tem vontade e capacidade para o trabalho. A renda média mensal das famílias é de R$ 1.137,00. São trabalhadores em sua maioria temporários, terceirizados, autônomos ( principalmente diaristas, ajudantes gerais, auxiliares de limpeza, motoristas, pedreiros, auxiliares administrativos, operadores/as de telemarketing). Dos adultos, 73% constituem mão de obra ativa, acima da média nacional. As crianças e jovens estão na escola num índice semelhante ao índice nacional: de 93% a 97% de 4 a 14 anos estudam. As razões alegadas pelas famílias para tentar, através da ocupação, chegar à casa própria são: 60% não conseguem pagar aluguel, e 22% moram de favor em casa alheia.

 

CORINTHIANS/GUARULHOS DISPUTA MAIS UMA PARTIDA NESTE SÁBADO (9)

O time de vôlei Corinthians/Guarulhos enfrenta neste sábado (9) às 21:30 horas, no ginásio da Ponte Grande, o Taubaté, pelo campeonato nacional de vôlei masculino, com transmissão pela SporTV. O Corinthians vem subindo na tabela de classificação. Do oitavo lugar, entre os 12 participantes, passou para o quinto, após três vitórias seguidas.

 

NESTE DOMINGO (10) CORRIDA CIDADE DE GUARULHOS

A tradicional corrida do aniversário de Guarulhos acontece neste domingo (10), a partir das 7:20 horas, com largada na avenida Paulo Faccini, altura do Bosque Maia. São duas modalidades da corrida, 10 quilômetros e 5 quilômetros. 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload