FIQUE LIGADO: TRÊS MUDANÇAS IMPORTANTES DE SECRETÁRIOS EM GUARULHOS,E OUTRAS NOTÍCIAS

December 30, 2017

 FOTO: Paço Municipal - Bom Clima  /Prefeitura de Guarulhos 

 

SECRETARIA DE GOVERNO DE GUARULHOS MUDA RADICALMENTE


A Secretaria de Governo de Guarulhos mudou radicalmente. O prefeito Guti substituiu o titular Carlos Soler, empresário que o acompanhou de perto na campanha eleitoral, porém inexperiente em administração pública, por um político de larga experiência.
Paulo Carvalho, o novo titular, foi vereador por três mandatos, foi presidente da Câmara Municipal, e, no governo Almeida, secretário de Meio Ambiente e de Desenvolvimento Urbano. Paulo Carvalho é presidente do PR, que se coligou com o PT nas últimas eleições municipais. A saída de Soler vinha sendo cogitada desde um
fracassado e suspeito contrato com uma pequena empresa de pessoa de sua amizade para controlar o aterro do lixo na cidade. Provavelmente duas serão as funções principais de Paulo Carvalho: levar experiência política e administrativa para um governo que tem se mostrado carente nas duas áreas; auxiliar o ex-vereador Toninho
Magalhães, diretor de Assuntos Legislativos, na relação entre o prefeito e a Câmara Municipal.


A SUPER-SECRETARIA DA EDUCAÇÃO, CULTURA, ESPORTES, LAZER TEM NOVO TITULAR


A secretaria que administra mais de um quarto do orçamento municipal, Educação com Cultura, Esportes, Lazer, e que até setembro foi dirigida pelo vice-prefeito, demitido de modo traumático, vai agora para o até aqui secretário de Justiça (Assuntos Jurídicos), João Pannocchia. Diferente dos governos anteriores de vários partidos, que sempre indicaram para o cargo profissionais da área com larga experiência pedagógica,
a secretaria vai ser dirigida por um advogado, com experiência de procurador municipal, sem experiência no setor educacional. Por isso, certamente, foi indicada como subsecretária a então secretária Marli Nabas, experiente na área administrativa da educação estadual em Guarulhos.


EX-PRESIDENTE DA OAB-GUARULHOS VAI PARA A SECRETARIA DE JUSTIÇA

 

O advogado Airton Trevisan, que dirigia a Agência Reguladora de Saneamento de Guarulhos (AGRU) em extinção, foi deslocado para a antiga Secretaria de Assuntos Jurídicos, agora chamada Secretaria de Justiça. Trevisan foi presidente da OAB
Guarulhos. Ele vai enfrentar um grande desafio. Impor-se aos superpoderosos procuradores municipais, que em lei, várias vezes tentada na administração anterior,aprovada só na gestão do atual prefeito, conseguiram sua independência com a criação da Procuradoria Geral do Município. Estes mesmos procuradores, os mais bem remunerados servidores municipais, estão batalhando agora para aprovar outro privilégio, em projeto enviado pelo prefeito à Câmara, transferindo-os para o privilegiado quadro de servidores estatutários da Prefeitura, com sistema de aposentadoria integral bancado pelo município e outras vantagens. A quarta mudança
no secretariado foi interna à Secretaria de Assistência Social, o diretor Alex de Sousa passa a secretário.

 

DECRETO ARROCHA AINDA MAIS A COBRANÇA DE DEVEDORES DA PREFEITURA

 

Um novo decreto do prefeito de Guarulhos, no apagar das luzes deste ano, dificulta ainda mais a vida de quem deve à Prefeitura. Em agosto foi publicado um decreto (número 34.400) que ordenava o encaminhamento aos cartórios de protesto quem devia à Prefeitura e cujo débito se encontrava inscrito na chamada “dívida ativa”. Um dos artigos, agora modificado por novo decreto (34.650), retira a possibilidade antes existente de negociar o débito na Prefeitura que, em contrapartida, retiraria o protesto em cartório. Agora, quem tiver seu nome e dívida protestados tem que ir até
o fim nas mãos do cartório. É lá que tem de acertar tudo. Não tem mais conversa com a Prefeitura.

 

SE A ARRECADAÇÃO SUBIR, PARTE DELA SERÁ DIVIDIDA COM O PESSOAL DE
FINANÇAS

 

Só há duas categorias na Prefeitura de Guarulhos que ganham produtividade além do salário: os procuradores municipais que ganham os chamados honorários advocatícios; e os servidores da Secretaria de Finanças, que ganham até 15% do total da
arrecadação que crescer acima da inflação a cada trimestre. Interessante é que mesmo num tributo cuja administração e fiscalização são feitas pelo Estado, o ICMS, se crescer
acima da inflação os servidores daquela secretaria ganham seu quinhão. É isso que diz decreto do atual prefeito de Guarulhos, publicado no último Diário Oficial do ano, aplicando uma lei aprovada na gestão anterior.

 

SALÁRIO MÍNIMO NACIONAL SOBE SÓ 17 REAIS

 

O presidente interino Temer diminuiu o valor que o Congresso Nacional havia aprovado para o salário mínimo. Através de decreto, ele fixou o salário mínimo mensal nacional para o ano de 2018 em R$ 954 (era de R$ 937). O reajuste será de 1, 81%, quando a inflação anual prevista pelo Banco Central é de 2, 88%. O reajuste de 2017 é o menor dos últimos 24 anos. O salário mínimo regional do estado de São Paulo é fixado normalmente em março em lei estadual, e tem que ser maior que o nacional.Atualmente há duas faixas de salário mínimo paulista, a primeira R$ 1.076,00 e a
segunda R$ 1.094,50.

 

CAI O EMPREGO DE CARTEIRA ASSINADA, CRESCE O EMPREGO INFORMAL

 

O Brasil tem 92 milhões de pessoas trabalhando e quase 13 milhões desempregadas querendo trabalhar. De todos que trabalham, apenas 33 milhões têm carteira assinada. Em números redondos, estes foram dados divulgados na sexta (29) pelo IBGE

depois de pesquisa por amostra de domicílio. Aumentou o número de pessoas que trabalham na informalidade, em empregos de menor remuneração e menor qualidade,normalmente deixando-os fora das contribuições para a previdência social, com prejuízos futuros. Por exemplo, nos empregos domésticos, que aumentaram em quantidade, mais de 60% não têm carteira assinada, e os postos são ocupados por mulheres negras ou pardas.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

© 2017 gru360 / Aqui Guarulhos se encontra em 360 Graus 

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now