© 2017 gru360 / Aqui Guarulhos se encontra em 360 Graus 

FIQUE LIGADO: AUMENTO DO ISS É ANULADO EM GUARULHOS, 2018 SEM CARNAVAL DE ESCOLAS DE SAMBA E MUITO MAIS

January 26, 2018

JUSTIÇA DE GUARULHOS ANULA SESSÃO DA CÂMARA QUE AUMENTOU O IMPOSTO SOBRE SERVIÇOS

No ano passado, a maioria da Câmara Municipal aprovou projeto aumentando o Imposto sobre Serviços de diversos ramos econômicos, como oficinas mecânicas, gráficas, corretagem de imóveis, e outras. Votaram contra apenas a bancada do PT, que é oposição, e um vereador do DEM da base do governo, Laércio Sandes, que entrou com mandado de segurança reivindicando anulação da sessão por vício regimental. O mandado acaba de ser concedido pela juíza da 2ª Vara da Fazenda Pública de Guarulhos. Se mantida em segunda instância esta decisão, o aumento do imposto deixa de valer, e o processo todo deve ser reiniciado pelo prefeito. Como todo aumento de imposto exige a chamada anualidade, isto é para valer num ano tem que ser aprovado no ano anterior, a retomada do processo, se novamente a vontade do prefeito for respaldada pela maioria da Câmara, só valeria para entrar em vigor em 2019. Continue lendo depois da propaganda...

LIGA DAS ESCOLAS DE SAMBA LAMENTA O FIM DO CARNAVAL DAS ESCOLAS

Em nota pública a Liga Independente das Escolas de Samba de Guarulhos critica duramente a subsecretaria de Cultura ( a Cultura, antes independente, hoje virou sub da Educação) pelo fim dos desfiles das escolas de samba na cidade. A Liga evita criticar o prefeito, que é o responsável maior pela medida contestada. Certamente para não destruir todas as pontes na sua relação com a Prefeitura. A Liga alega que as escolas de samba tem suas raízes nos bairros periféricos e que lá se preserva esta manifestação de cultura popular. Que somente as escolas  envolvem costureiras, aderecistas, alegorias, conserto de instrumentos, a diversão dos ensaios, tudo suprimido pela falta de apoio do poder público local.

  

MORADORES DO ENTORNO DO ZOOLÓGICO DE GUARULHOS RECEBERAM VACINA CONTRA A FEBRE AMARELA EM CASA

Nesta quinta-feira (25), a Secretaria de Saúde vacinou 500 moradores do entorno do Zoológico Municipal de Guarulhos contra a febre amarela. A ação foi realizada casa a casa, por três equipes de saúde, compostas por enfermeiros e auxiliares de enfermagem. A estratégia da ação preventiva foi definida para a região após a confirmação de que o sagui morto no Zoológico Municipal estava contaminado por febre amarela.

A Secretaria de Saúde de Guarulhos precisa responder duas perguntas: 1) como esse sagui pode ter sido contaminado, se estava enjaulado e numa região distante da mata da Cantareira? 2) Porque o mesmo procedimento de vacinação não foi adotado nas regiões de Guarulhos próximas à Cantareira?

 

PERSEGUIÇÃO IMPLACÁVEL A LULA

Algumas horas antes de viajar para uma reunião de cúpula dos países da África com a FAO, organização da ONU de combate à fome, Lula teve seu passaporte confiscado por um juiz substituto de Brasília onde corre um processo sobre a compra de caças para a FAB. Um ex-presidente da República, destaque nacional e internacional, hoje depende de qualquer decisão de juiz singular de um juiz de primeira instância e até substituto em férias de outro juiz, em decisão com repercussão internacional. E, no caso, em processo ainda em tramitação naquela vara, sem julgamento do mérito. O Brasil veio aos poucos virando uma ditadura judicial. Nos tempos da ditadura militar, qualquer oficial em qualquer lugar do Brasil podia prender quem julgasse suspeito de oposição ao regime, porque sabia que teria suporte nas instâncias militares superiores. O arbítrio das ditaduras se propaga em todas as suas frentes. Hoje, pelos canais do Judiciário que controla as forças policiais.

 

SUÉCIA NÃO QUER MAIS PASSAR TECNOLOGIA DE AVIÕES MILITARES AO BRASIL

O caso em que Lula está sendo julgado em Brasília é o da decisão de substituir os velhos caças Mirage da FAB por aviões militares de última geração a serem construídos em parceria com a empresa sueca Saab e a brasileira Embraer. A decisão pela Saab sueca e não pela Boeing americana foi por razões de independência em relação aos Estados Unidos, que monitoram a quem podem depois ser vendidos os aviões, e porque a sueca aceitou transferir tecnologia de ponta para o Brasil e construir aqui parte da frota. Agora que o governo interino de Temer está permitindo a entrada da Boeing americana no capital da Embraer, a empresa sueca Saab ameaça romper o acordo, pois não quer que seus segredos tecnológicos sejam acessados pela rival norte-americana. Os problemas do governo Temer não são só direitos trabalhistas, previdenciários, de saúde e educação públicas, são também de soberania nacional.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload