FIQUE LIGADO: ÔNIBUS MAIS CARO EM GUARULHOS E MAIS CARO AINDA PARA QUEM PAGA EM DINHEIRO, QUITAÚNA TERMINA CONTRATO E MUITO MAIS

January 27, 2018

PREÇO DA TARIFA DE ÔNIBUS SOBE EM GUARULHOS, QUEM USA DINHEIRO PAGARÁ MUITO MAIS CARO

As tarifas dos ônibus municipais de Guarulhos vão subir a partir do próximo dia 1 de fevereiro de 2018 (quinta-feira), passando de R$ 4,15 para R$ 4,30 para pagamentos com Bilhete Único e R$ 4,70 para quem pagar em dinheiro ou para as empresas que adquirem o vale-transporte. A justificativa da prefeitura para uma diferença tão grande entre as duas tarifas é que um dos objetivos é diminuir a circulação de dinheiro dentro dos coletivos, como forma de aumentar a segurança tanto dos motoristas como dos passageiros.

A justificativa mais aceitável, no entanto, é que se está preparando o cenário para demitir os cobradores, que passam a ser obsoletos. Outra questão que precisa ser melhor respondida é se é realmente legal essa cobrança diferenciada para quem paga em dinheiro.

 

CONTRATO DA QUITAÚNA TERMINA NESTA TERÇA-FEIRA (30)

O contrato da Quitaúna, empresa que faz a coleta do lixo domiciliar de toda Guarulhos, termina nesta terça-feira (30). Os dirigente da nova empresa, a Trail Infraestrutura, já estiveram na empresa e conversaram com parte dos funcionários. Todos serão demitidos e a maior parte recontratada. Expectativa muito grande e claro que também uma grande preocupação de todos. O mais complicado é que a informação que se tem é que a nova licitação ainda não andou, e será feito um contrato emergencial. Mas como uma empresa vai assumir um investimento desse porte por 6 meses?

Continue lendo depois da propaganda...

PLANO DIRETOR EM GUARULHOS ENCERRA MAIS UMA FASE COM POUCA PARTICIPAÇÃO SOCIAL

 

Nesta sexta-feira (26) se encerrou mais uma etapa do Plano Diretor. Foram feitas 06 reuniões preparatórias para as 2 audiências públicas previstas, antes do projeto ser encaminhado à Câmara de Vereadores para aprovação. Nestas reuniões, o corpo técnico da SDU apresentou a estrutura da Minuta do Projeto de Lei, publicado no Diário Oficial em 06/12/17, destacando os pontos de maior interesse de acordo com segmentos:  Movimentos sociais; Empresários, entidades de Classe, ONGs e Instituições de Ensino. Os temas foram: Habitação, Mobilidade e Meio Ambiente.

Assim como nas outras etapas, a participação foi muito pequena, com a presença de poucas pessoas e poucos momentos de diálogo. 

 

BRASIL FECHA 20,8 MIL POSTOS FORMAIS DE TRABALHO EM 2017

A economia brasileira fechou no ano passado 20.832 postos de trabalho formais, ou seja, com carteira assinada, informou nesta sexta-feira (26) o Ministério do Trabalho.

De acordo com os números do governo, cinco dos oito setores da economia fecharam vagas no ano passado. O setor de construção civil foi o que mais cortou postos: -103,9 mil, seguido pela indústria, que fechou 19.900 postos. Já o comércio foi o que mais abriu vagas de emprego. Ao longo de 2017, o setor contratou, com carteira assinada, 40 mil pessoas a mais do que demitiu.

 

MULHERES SOFREM MAIS COM O DESEMPREGO

Os números do Caged mostram que as mulheres foram mais atingidas pelo desemprego no ano passado: o número de demissão de mulheres superou o de contratações em 42.526 postos. Já para os homens, o resultado ficou positivo no ano passado: foram 21.694 vagas abertas a mais do que fechadas.

 

NÚMEROS DESMONTAM IDEIA DE RETOMADA DO EMPREGO DIVULGADA NA MÍDIA PELO GOVERNO FEDERAL

Esses números desmontam as afirmações recentes do governo federal sobre a retomada do crescimento econômico. Primeiro, estamos muito longe de uma retomada da geração de empregos. Segundo, os poucos empregos que estão sendo gerados são de baixa qualidade, e com a reforma trabalhista sendo aplicada, essa qualidade deve piorar.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

© 2017 gru360 / Aqui Guarulhos se encontra em 360 Graus