FIQUE LIGADO: LIBERDADE PARA LULA UNE A ESQUERDA, QUASE 80 DEPUTADOS MUDARAM DE PARTIDO EM MARÇO E ABRIL E MAIS NOTÍCIAS

April 9, 2018

A PRISÃO DE LULA UNIU A ESQUERDA SEM O PDT

A demonstração nítida de quem estava solidário e quem não estava com Lula e com o seu direito de ser candidato ficou evidente nas manifestações que precederam a apresentação de Lula à Polícia Federal. O PCdoB e o PSOL estavam inteiramente presentes no movimento, com sua direção nacional e com Manuela e Boulos, suas candidaturas presidenciais. O PDT estava ausente. Nem sua direção, nem seu candidato Ciro Gomes. Um ou outro pedetista estava lá em caráter particular, mas não havia representação oficial de seus partidos. O PSB, que em São Paulo é aliado do PSDB, também estava ausente. O PSTU, que tem alguma presença sindical mas não tem parlamentares, perdeu nestes acontecimentos uma parte de suas já reduzidas forças. Um grupo que foi apoiar a liberdade de Lula saiu do partido. O PCO, muito pequeno, mas barulhento, estava lá, coerente pois desde o impeachment de Dilma tem atuado junto com o PT.

 

MESMO PRESO, LULA CONTINUA O TEMA CENTRAL DA POLÍTICA BRASILEIRA

Não é por acaso que Lula mesmo preso é o tema central da política brasileira. É que só ele representa a possibilidade da volta de um governo que prioriza o social e a maior presença estatal na economia, a democracia para o andar de baixo da sociedade, e uma política internacional independente dos Estados Unidos. A tentativa de manchar sua imagem na sociedade e de impedi-lo de ser candidato a presidente é a expressão do outro lado da sociedade brasileira. Este outro lado defende a meta do capital privado de reduzir direitos sociais, trabalhistas e previdenciários, retrair a presença estatal na economia, com uma maior presença do capital internacional, aceita reduzir a democracia para o andar de baixo, e se alinha aos Estados Unidos na política externa. Portanto, a presença de Lula como tema central da política é a expressão do velho ditado: “Dois não brigam se um não quer”. Os dois querem briga porque são projetos opostos de país.

 

A LIBERDADE DE LULA VIROU UM MOVIMENTO NACIONAL E INTERNACIONAL

Curitiba virou a capital dos lulistas enquanto ele estiver preso. Começou com um acampamento perto da sede da Polícia Federal onde Lula está. Caravanas estão se dirigindo a Curitiba vindas de vários estados. Grandes manifestações estão sendo organizadas nas capitais. Em cada cidade onde há PT, CUT, Frente Brasil Popular, Frente Povo sem Medo, MST, PSOL, PCdoB, forma-se uma frente pela libertação de Lula. E o movimento adquiriu caráter internacional. A detenção de Lula teve grande repercussão e fez iniciar-se um movimento pela sua libertação em muitos países. Em países com mais presença e relação com o Brasil, como é o caso da Argentina e Portugal, as manifestações chegam a atingir setores populares. Como em Buenos Aires uma imensa plateia em show musical gritava “Lula libre”. Boa parte da mídia internacional vê no processo contra Lula um nítido caráter de perseguição política e um mecanismo articulado para impedir sua candidatura presidencial.

 

ABRIL DE 2018 MOSTRA QUE A MAIORIA DOS PARTIDOS SÃO APENAS APARÊNCIA

A troca de partido em março e abril deste ano por 16% dos deputados federais, com outro tanto de deputados estaduais, mostra que a maioria dos partidos brasileiros só existe como agrupamento de interesses pessoais. A maioria dos partidos são conservadores e não representam ideias diferentes. Poderiam fundir-se para deixar mais claro à sociedade o que pensam. A derrubada da presidenta Dilma Rousseff em 2016 já significava que mais de 20 partidos que se aliaram para o impeachment poderiam ser um só se não fossem a soma de ambições pessoais e facilidades regionais. A frágil democracia brasileira seria mais democracia se os políticos fossem mais transparentes deixando claro o que pensam pela fidelidade ao que pensa a sociedade sobre os partidos. O campo da esquerda partidária praticamente não mudou: o PT, com 57 deputados, perdeu dois, um para o PCdoB e outro para o PDT, e adquiriu um ex-petista que estava no MDB e votou contra o impeachment; o PCdoB, com 11, recebeu um do PT; o PSOL ficou com seus 6; o PDT, com 21, adquiriu um do PT.

 

PMDB FOI O PARTIDO QUE MAIS PERDEU, PP FOI O PARTIDO QUE MAIS GANHOU e PSL FOI O PARTIDO QUE MAIS CRESCEU COM A JANELA PARTIDÁRIA

Ao final da janela partidária, os dois partidos que mais ganharam foram PP, com dez deputados a mais, e o DEM, com nove deputados a mais. Também com 9 deputados a mais, o PSL teve o maior crescimento entre os partidos: o partido elegeu um deputado, mas ganhou força após a filiação de Jair Bolsonaro.

O partido que mais perdeu quadros foi o PMDB, 14 deputados deixaram a sigla desde o dia 8 de março, mas como 6 novos entraram, o partido continuou com a maior bancada. PT e PSDB perderam na janela partidária apenas um deputado cada. O PSB perdeu nove deputados e ganhou dois. O PSD ganhou 5 e perdeu 5. Confira como ficaram as 10 maiores bancadas: 1 - PMDB: 59; 2 - PT: 57; 3 - PP: 52; 4 - PSDB: 45;  5 - DEM: 41; 5 - PSD: 41; 7 - PR: 39; 8 - PSB: 26;  9 - PRB: 20; 9 – PODEMOS: 20.

 

MUDANÇAS PARTIDÁRIAS REVELAM MUITO SOBRE O ATUAL CENÁRIO POLÍTICO NO RIO DE JANEIRO

Na contabilidade por estado, os deputados do Rio de Janeiro foram os que mais trocaram de partido. 18 deles, equivalente a mais de um terço dos 46 representantes do estado, migraram de sigla nos últimos dias. Destes, 7 saíram do PMDB e migraram, sobretudo, para PR e DEM.

 

REFORMA TRABALHISTA VAI LENTAMENTE MUDANDO DIREITOS

Os dados são do Ministério do Trabalho. Diminuíram as reclamações trabalhistas na Justiça do Trabalho com a obrigação nova do empregado pagar as custas se não provar o que alega. A demissão por acordo individual entre o empregado e a empresa, sem intermediação do sindicato, já ultrapassou 27 mil casos. Quase 10% dos postos de trabalho com carteira assinada no mês de fevereiro eram de trabalho intermitente, isto é só efetuado e pago para aquelas horas de interesse da empresa. O trabalho intermitente está crescendo em ramos como turismo, cultura, educação, saúde, lazer. 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

© 2017 gru360 / Aqui Guarulhos se encontra em 360 Graus 

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now