© 2017 gru360 / Aqui Guarulhos se encontra em 360 Graus 

FIQUE LIGADO: ESTOQUE DE REMÉDIOS CONTROLADOS TEM QUEDA DE 90% EM GUARULHOS, DESABAMENTO DE PRÉDIO EM SÃO PAULO ESTÁ SENDO USADO PARA CRIMINALIZAR SEM TETO E MAIS NOTÍCIAS

May 3, 2018

 ESTOQUE DE MEDICAMENTOS E INSUMOS NA SAÚDE DE GUARULHOS CAI QUASE 50% EM APENAS UM ANO

Em 31 de dezembro de 2016 a Secretaria de Saúde de Guarulhos tinha em estoque insumos e medicamentos no valor de mais de 15 milhões de reais. No final do ano passado, tinha pouco mais da metade disso: R$ 8.059.410,81 em estoque. Contudo, nesse pouco mais de 8 milhões, estão computados materiais doados pelo Ministério da Saúde em 2017, como o teste rápido para Zika, num total de 1,7 milhões de reais, e o teste para dengue e para Chikungunya, no valor de 1,2 milhões de reais. Sem esses itens, os estoques de 2017 representariam cerca de um terço do que existia no final de 2016.

 

A SITUAÇÃO AINDA É PIOR NO CASO DOS REMÉDIOS CONTROLADOS

Esse estoque é dividido, na contagem, em vários tipos de medicamentos e insumos. No caso dos medicamentos controlados, no final de 2016 havia em estoque mais de um milhão e seiscentos mil reais e um ano depois tinha pouco mais de 180 mil reais, uma diminuição no estoque de quase 90 %.

 

OUTROS POBRES VÃO PERDER COM O DESABAMENTO DE PRÉDIO EM SÃO PAULO

São 70 prédios ocupados por famílias pobres no Centro da Capital. Agora, após o incêndio e desabamento do prédio de 24 andares, todos serão vistoriados em 45 dias pela Prefeitura. Certamente haverá despejos decretados pelo Judiciário, sem alternativa para as famílias que moram lá, não porque gostem, mas porque não podem arcar com outra solução. A tragédia do 1º de maio escancarou o problema de cerca de 10 mil famílias pobres que vivem no desconforto e no risco na região central de São Paulo. Se pode revelar abusos de lideranças que cobram aluguel para além do necessário à manutenção e portaria, e aproveitadores da pobreza alheia, o mais importante é a manifestação clara de falta de alternativa melhor para as famílias mais pobres. Além dos pobres que moram nos outros prédios, a tragédia pode prejudicar os movimentos sérios de moradia, que podem ser criminalizados injustamente por setores da elite pouco interessada na solução do problema social.

 

O PREÇO DOS IMÓVEIS SUBIU 257% EM DEZ ANOS

Nos últimos 10 anos a inflação foi de 80%. No entanto, no mesmo período, o preço dos imóveis na Região Metropolitana de São Paulo subiu 257%. Este é o indicativo da chamada especulação imobiliária. Seria ilusão pensar que quem leva vantagem nisso é o pequeno proprietário. Este não fica especulando com imóveis. Ele é a vítima. Quem se beneficia são as construtoras, incorporadoras. E os bancos, que com os empréstimos que fazem ficam com uma substanciosa fatia dos resultados.

 

ESTADOS UNIDOS TRATAM COM ARROGÂNCIA O BRASIL E A ARGENTINA

Os Estados Unidos puseram contra a parede o Brasil e a Argentina no caso da exportação do aço, que representa no caso do Brasil 10% de tudo o que exporta aos Estados Unidos. Arrogantemente os americanos apresentaram duas alternativas: ou cobravam uma taxa de 25% sobre o produto comprado nestes dois países, ou reduziam 12% a tonelagem exportada. E deram só 24 horas para a decisão. Com o rabo entre as pernas, os governos destes dois países, engoliram a segunda alternativa. Diferente da China e da União Europeia que não aceitaram as imposições e estudam contrataxar exportações dos Estados Unidos para elas. A China pretende taxar em 25% a soja importada em grande quantidade dos Estados Unidos, o que favoreceria a exportação de soja do Brasil, que ficaria mais barata.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload