FIQUE LIGADO: QUASE 155 MIL NÃO FIZERAM BIOMETRIA EM GUARULHOS, MULTIDÃO CONTRA NOVO ATERRO DO LIXO, ESCOLA SEM PARTIDO VAI PARA COMISSÕES E MAIS NOTÍCIAS

May 11, 2018

MULTIDÃO CONTRA NOVO ATERRO DO LIXO FAZ ADIAR AUDIÊNCIA PÚBLICA

Depois de muito tumulto, foi adiada a audiência pública convocada pelo Conselho Estadual do Meio Ambiente para a implantação de um novo aterro do lixo na região do Cabuçu em Guarulhos. Cerca de 500 pessoas contrárias, em sua imensa maioria moradoras e moradores do Cabuçu e Recreio São Jorge, lotaram o auditório e o acesso do Centro de Convenções Santa Mônica nesta quinta (10) no fim da tarde e início da noite. Surpreendidos com a reação popular, os promotores da audiência se sentiram inseguros para realizá-la, e ao final proclamaram o adiamento sem marcar nova data nem local.

 

O SISTEMA DE SOM FOI CORTADO À ESPERA QUE O POVO SE DISPERSASSE

 Os promotores da audiência pública determinaram que o sistema de som do Centro de Convenções fosse cortado, esperando que o povo se dispersasse. Mas, o auditório e as cercanias continuaram lotados, com palavras de ordem gritadas em coro: “Não queremos o lixão”. O padre católico Pedro dos Santos, com um megafone, comunicava-se com o público à espera da decisão de adiar a audiência, enquanto uma comissão de vereadoras, vereadores e deputados de vários partidos pressionava o Consema ao adiamento, que ao final foi rapidamente proclamado. A ausência do prefeito de Guarulhos e de seus representantes foi intensamente criticada em coro pelo público.

 

PARA ENTENDER OS PLANOS DE UM NOVO ATERRO DO LIXO EM GUARULHOS

A gigante francesa Veolia adquiriu o imenso aterro sanitário da Capital denominado CDR, nas encostas da Serra da Cantareira. Ele forma, na divisa de São Paulo com Guarulhos, uma grande montanha de lixo soterrado, onde os caminhões que o despejam um atrás do outro parecem de longe um carreiro de formigas. Ali é depositado lixo da Capital e de várias cidades da Região Metropolitana. A Veolia adquiriu grande área encostada ao aterro, agora no município de Guarulhos, para ampliar o aterro e implantar uma nova montanha de lixo. É este novo aterro que moradores, moradoras, lideranças locais, movimentos ecológicos, parlamentares, não querem que seja implantado.

 

AO LADO DO ATERRO DA CAPITAL ESTÁ O ATERRO DE GUARULHOS

Agravando a situação do Cabuçu, já existe há duas décadas na região, próximo ao aterro da CDR, o aterro do lixo de Guarulhos. Ele pertence à Prefeitura, que, na atual gestão, sem concorrência pública, transferiu sua administração para a empresa Proactiva do mesmo grupo francês Veolia dona do CDR. A Prefeitura adquiriu áreas próximas para ampliar o aterro de Guarulhos. No futuro, os planos da empresa francesa são de juntar tudo formando um dos maiores aterros de lixo do mundo. Por ora, seus planos são contrariados pela reação popular que defende seu bem estar, suas vias estreitas povoadas de caminhões de lixo, e a natureza da Área de Proteção Ambiental Cabuçu/Tanque Grande.

 

QUASE 155 MIL ELEITORES NÃO FIZERAM CADASTRAMENTO BIOMÉTRICO EM GUARULHOS

154.417 mil guarulhenses deixaram de realizar o cadastramento biométrico. O prazo terminou nesta quarta-feira (9). Como isso, segundo o TSE, o eleitorado de Guarulhos passe de 943.823 para 789.406 eleitores, uma queda de 16%. A queda percentual só não é maior porque, entre janeiro e março de 2018, Guarulhos ganhou novos 28 mil eleitores, segundo o TSE.

 

LEGISLATIVO MUNICIPAL ENCAMINHA ESCOLA SEM PARTIDO PARA COMISSÕES

O plenário da Câmara Municipal de Guarulhos deliberou nesta quinta-feira (10) que a proposta de projeto de lei “Escola Sem Partido”, de autoria do vereador Laércio Sandes (DEM), possa ser avaliada pelas comissões permanentes da Câmara Municipal antes de entrar na pauta de votação. O “Escola Sem Partido” será analisado pela comissão de Constituição, Justiça e Legislação Participativa (CJLP).

 

FLAMENGUINHO TENTA RECUPERAÇÃO CONTRA AD GUARULHOS

Após duas derrotas consecutivas para União Mogi e Paulista e depois de vim de três vitórias seguidas, o Flamengo de Guarulhos busca recuperação no Campeonato Paulista da Segunda Divisão diante do Guarulhos GRU, neste domingo de dia das mães, às 10h00, em sua casa, o Estádio Antônio Soares de Oliveira, popular Ninho do Corvo.

 

VEIO À LUZ GRAVÍSSIMA DENÚNCIA DE EXECUÇÕES DE OPOSITORES PELA DITADURA MILITAR BRASILEIRA

Foi divulgado nesta quinta (10) documento secreto da cúpula do governo norte-americano que relata reuniões de generais no Brasil autorizando a morte de opositores políticos durante a ditadura militar na década de 1970. Segundo o documento datado de 11 de abril de 1974, o então general presidente Ernesto Geisel e seu sucessor general João Figueiredo, ambos já falecidos, autorizaram outros generais a ordenarem a execução sumária de opositores do regime. O documento é um comunicado do diretor da poderosa CIA, agência de informações norte-americana, ao secretário de Estado daquele país. O documento secreto, agora publicado, relata reuniões da alta cúpula militar com o general presidente da época, onde é informado que já haviam sido executados 104 opositores, e era pedida autorização, concedida, para prosseguir as execuções. Já relatos anteriores davam conta deste lado trágico da ditadura militar que governou o Brasil de 1964 até 1985.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

© 2017 gru360 / Aqui Guarulhos se encontra em 360 Graus