© 2017 gru360 / Aqui Guarulhos se encontra em 360 Graus 

FIQUE LIGADO: CONDUTORES SUSPENDEM ESTADO DE GREVE, PREFEITURA ARRECADA MAIS DE 1 BILHÃO E MAIS NOTÍCIAS

June 1, 2018

MOTORISTAS DE GUARULHOS SUSPENDEM ESTADO DE GREVE

Depois de muitos impasses, o sindicato dos motoristas de ônibus de Guarulhos chegou a um acordo salarial com os empresários do setor nesta quarta (30). Em assembleia realizada em frente ao sindicato, a categoria aprovou o acordo e desistiu da greve programada se as negociações não chegassem a bom termo. O reajuste foi de 3% para toda a categoria, mais 3% para motoristas que exercem a dupla função nos ônibus intermunicipais: dirigir e cobrar a passagem. Foi assegurada também um valor fixo de R$ 1.300 de participação nos lucros (PLR) a ser pago na volta das férias. O vale-refeição teve reajuste de 4,55%. E o número mínimo de mulheres na categoria passou de 10% para 15%. Com isso, nas novas contratações mais mulheres farão parte da categoria.

 

PREFEITURA DE GUARULHOS ARRECADA 1 BILHÃO E 440 MILHÕES EM 4 MESES

 

Nos quatro primeiros meses deste ano, a Prefeitura de Guarulhos arrecadou 1 bilhão e 440 milhões de reais, uma média de 360 milhões por mês. Mês a mês a arrecadação tem diminuído. Para fazer idéia, em abril arrecadou 56% do que obteve em janeiro, o mês das vacas gordas do IPTU e IPVA. Mesmo assim a receita destes quatro meses de 2018 superou em 2,8% o mesmo período de 2017. Praticamente um empate, se considerada a inflação do período. Chama atenção a redução das verbas do governo federal para saúde, educação e assistência social. Salvam-se apenas os repasses de 6,7 milhões para o Trevo de Bonsucesso e 5 milhões para pavimentação de ruas.

 

PARA BAIXAR O DIESEL GOVERNO FEDERAL CORTA VERBAS DE SAÚDE E EDUCAÇÃO

Segundo o ministro de Segurança Institucional, general da reserva Sergio Etchegoyen, “quem apoiava a greve teria sua cota de responsabilidade no financiamento”. Com isso, justifica o corte de verbas que o governo federal acaba de fazer nesta quarta (30) nas áreas de financiamento do ensino superior e do Sistema Único de Saúde. Além da retirada de subsídios para redução de tributos da folha de pagamento de 11 setores da economia, subsídios à exportação, à indústria de refrigerantes, à indústria química, e repasses do tesouro para capitalização das empresas estatais. A conta que o governo procura compensar para repassar à Petrobras é de quase 10 bilhões de reais até o fim do ano.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload