© 2017 gru360 / Aqui Guarulhos se encontra em 360 Graus 

FIQUE LIGADO: CRISE ENTRE MÉDICOS E PREFEITURA DE GUARULHOS, PETROBRAS É DERROTADA POR ESTRANGEIRAS EM NOVO LEILÃO DO PRÉ-SAL E MAIS NOTÍCIAS

June 7, 2018

Escrito por Elói Pietá

AMPLIA-SE A CRISE ENTRE MÉDICOS E PREFEITURA DE GUARULHOS

Em princípio está marcada para o dia 15 de junho uma nova reunião entre representantes da categoria médica vinculada à Prefeitura de Guarulhos com o prefeito Guti. Há dúvidas, no entanto, se o prefeito irá receber a comissão de delegados sindicais da categoria que foi criada na assembleia realizada na última terça (5) que contou com a participação de cerca de 100 médicos e médicas. Pela primeira vez é realizada uma assembleia com participação tão expressiva, pois são grandes as dificuldades para reunir profissionais de uma área que funciona 24 horas, além de sábados, domingos e feriados.  Estão muito difíceis as relações do sindicato paulista (já que não há sindicato local) e das lideranças médicas locais com o secretário da Saúde, Dr. Sérgio Iglesias. Segundo o presidente do sindicato, Dr. Eder Gatti, o diálogo com a secretaria já ocorre há mais de ano e nada é resolvido, nem o combinado acontece.

 

CONFUSÃO FEDERAL NA ÁREA DE COMBUSTÍVEIS

As promessas de Temer para acabar com a greve dos caminhoneiros e das empresas de cargas têm muitas dificuldades para se realizar. A reação contra as medidas do governo vem de todo lado. Contra a tabela mínima de fretes se levantam grandes produtores agrícolas e industriais. Eles alegam que os custos do frete vão subir 30%, 80% e até 150%. Por sua vez, o Tribunal de Contas da União contesta a reserva de 30% do frete da Companhia Nacional de Abastecimento para os caminhoneiros autônomos que seria contra a Lei de Licitações. Os governadores se queixam das perdas de arrecadação com o fim da CIDE no preço do diesel e com a não cobrança do eixo suspenso nos pedágios. Os proprietários de postos resistem à redução de 46 centavos no litro do diesel. O pessoal da Saúde reclama dos cortes de verbas na área, como é o caso do corte de recursos para pesquisa de remédios na Fiocruz. E assim por diante. Muita promessa de Temer vai parar na Justiça.

 

PETROBRAS É DERROTADA EM NOVO LEILÃO DO PRÉ-SAL

O novo leilão de áreas do pré-sal garantiu nesta quinta-feira (7) uma arrecadação de R$ 3,15 bilhões ao governo federal. A disputa foi marcada pela derrota da Petrobras, que foi superada pelas petroleiras estrangeiras Statoil (Noruega), ExxonMobil (EUA), Petrogal (Portugal), BP Energy (Reino Unido), Shell (Reino Unido) e Chevron (EUA) em duas áreas. A estatal, entretanto, exerceu o direito de preferência garantido por lei e decidiu entrar nos consórcios vencedores com participação de 30%. O presidente da Petrobras, Ivan Monteiro, disse que a estatal saiu satisfeita com o resultado do leilão. Ele minimizou o fato de a companhia não ter conseguido arrematar dois dos três blocos pelos quais manifestou interesse de preferência, atribuindo isso ao caráter da disputa.

 

INCERTEZAS NA POLÍTICA MANTÉM DÓLAR EM ALTA

O dólar continua a subir em relação ao real nesta quinta-feira (7) e chegou a operar acima de R$ 3,94, mesmo após o Banco Central reforçar a intervenção extraordinária no câmbio mais cedo. Analistas acreditam que este cenário de alta do dólar deve continuar enquanto o quadro político continuar incerto, em outras palavras: vai continuar a especulação financeira em cima da crise política brasileira.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload