FIQUE LIGADO: COMO O CAOS NA SAÚDE DE GUARULHOS SE TORNOU GENERALIZADO, BANCÁRIOS FAZEM DISCUSSÃO SOBRE SAÚDE E CONDIÇÕES DE TRABALHO E MAIS NOTÍCIAS

July 19, 2018

Escrito por Elói Pietá

ESPECIALISTAS TENTAM ENTENDER COMO O CAOS NA SAÚDE DE GUARULHOS SE TORNOU GENERALIZADO

Todos estamos vendo e sofrendo a situação que está a saúde em Guarulhos: hospitais que não atendem, falta de medicamentos e insumos, falta de funcionários. É uma crise generalizada na atenção básica, nos centros de especialidades, nas UPAs e nos hospitais. Antes já existiam problemas, mas nunca a situação tinha chegado a tal ponto. As razões que podem explicar esse quase total apagão da saúde pública municipal, segundo especialistas na área de gestão da saúde são: 1) a diminuição dos recursos que vêm do Governo Federal, agravada pela Emenda Constitucional que limita os gastos com saúde.  2) a terceirização desastrosa e sem licitação do HMU, do Hospital da Criança e da Policlínica Paraventi. 3) Falta de capacidade administrativa da atual gestão da prefeitura de Guarulhos. 4) falta de diálogo da prefeitura com os funcionários e com a população, que provoca equívocos como o fechamento do P.A. Paraíso.

 

ESCOLAS MUNICIPAIS SE PREPARAM PARA A VOLTA ÀS AULAS

Cerca de 116 mil alunos e 6 mil professores das 141 escolas da prefeitura de Guarulhos retornam às aulas na próxima segunda-feira, 23. O recesso, que aconteceu entre os dias 6 a 20 de julho, envolveu as escolas de Educação Infantil (Creches, pré-escolas e Entidades Parceiras), Ensino Fundamental e EJA (Educação para Jovens e Adultos).

 

BANCÁRIOS FAZEM DISCUSSÃO SOBRE SAÚDE E CONDIÇÕES DE TRABALHO

Diretores do Sindicato dos Bancários de Guarulhos e Região estiveram na região da Vila Galvão na manhã desta quinta-feira, dia 19, para dialogar com a categoria e população sobre a saúde e as condições de trabalho que os bancários enfrentam diariamente. Os bancos visitados foram Santander, Caixa Econômica Federal, Itaú, Bradesco e Banco do Brasil, instituições que têm reduzido número de funcionários e sobrecarregando os trabalhadores que permanecem. A atividade aconteceu no mesmo dia em que o Comando Nacional, sem nenhuma garantia sobre os direitos da categoria, reúne-se com a Fenaban para a terceira rodada de negociações para debater os temas de Saúde e Condições de Trabalho. Clique aqui e continue lendo essa matéria...

 

EVENTO DISCUTE AUTORITARISMO NO BRASIL DE TEMER

Evento promovido pelas organizações de direitos humanos Conectas e Artigo 19, realizado na Defensoria Pública de São Paulo nesta quinta-feira (19), debateu a crescente onda autoritária que combate manifestações e protestos de rua com o uso excessivo da força e de instrumentos jurídicos para impedir a luta legítima por direitos. As discussões tiveram como pano de fundo a decisão do juiz Flávio Itabaiana, da 27ª Vara Criminal do Rio, que condenou 23 ativistas participantes de protestos em 2013 e 2014 a penas de cinco a sete anos pelos crimes de formação de quadrilha e corrupção de menores.

 

NA ARGENTINA, FAMÍLIAS SENTEM VERGONHA DE PARENTES QUE FORAM DITADORES

Enquanto no Brasil temos uma ultra-direita com candidato a presidente que defende abertamente os crimes cometidos pela ditadura militar brasileira, na Argentina o repúdio da sociedade aos crimes dos militares faz com que as famílias dos governantes tenham vergonha de se associar a eles. Até os corpos se perdem no esquecimento, sem visitas e sem registros com os nomes dos ex-ditadores. Jorge Rafael Videla, Emilio Massera, Roberto Viola, grandes chefes da ditadura argentina, amos e senhores em vida, são apenas uma má recordação na morte. Não têm monumentos e se escondem da história.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

© 2017 gru360 / Aqui Guarulhos se encontra em 360 Graus 

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now