© 2017 gru360 / Aqui Guarulhos se encontra em 360 Graus 

FIQUE LIGADO: GUARULHOS ARRECADOU 3 BILHÕES E 916 MILHÕES EM 2018, ARGUMENTO DE DIFICULDADES POR CAUSA DA DÍVIDA NÃO SE COMPROVA E MAIS NOTÍCIAS

February 27, 2019

PREFEITURA DE GUARULHOS ARRECADOU 3 BILHÕES E 916 MILHÕES EM 2018

Embora o balanço final do ano de 2018 só será publicado em abril, as contas municipais de Guarulhos mostram que a Prefeitura arrecadou no ano passado 3 bilhões e 916 milhões de reais. O crescimento da arrecadação foi de 7,5% em relação a 2017, portanto um crescimento real de quase 4%. Mas, as despesas cresceram um pouco mais. Os gastos totais, com notas fiscais atestadas e com pessoal, chamados gastos liquidados, foram de 3 bilhões 956 milhões, portanto 40 milhões a mais do que a arrecadação. O gasto principal foi com saúde, 1 bilhão e 96 milhões. O segundo gasto principal foi com educação, 919 milhões. Portanto juntas, saúde e educação representaram metade e mais um pouco dos gastos da Prefeitura.  Cerca de um quarto dos recursos para saúde e educação são provenientes de repasses do governo federal. O restante depende das receitas do município.

 

O ARGUMENTO DE DIFICULDADES POR CAUSA DA DÍVIDA NÃO SE COMPROVA

Faz dois anos que a Prefeitura de Guarulhos alega não ter feito obras e melhorias prometidas por causa do fardo de pagamento de dívidas. Mas, isso não corresponde à verdade quando se verificam arrecadação e gastos da Prefeitura. O prefeito e seus porta-vozes, inclusive da mídia, juntaram dívidas da Prefeitura e SAAE para justificar a paralisia da administração. Mas, os dados desmentem a responsabilidade posta nas dívidas. As duas instituições, Prefeitura e SAAE, arrecadaram juntas 4 bilhões e 112 milhões em 2018, conforme balancete do ano inteiro publicado no Diário Oficial. E pagaram, no mesmo ano inteiro, apenas 91 milhões de amortização da dívida, juros e encargos a ela relacionados. Pouco mais de 2% do total arrecadado. É como se uma empresa que faturasse 1 milhão no ano estivesse pagando 22 mil reais de dívida e assim justificasse não atender como deveria seus clientes e fornecedores. 

 

CÂMARA APROVA REGIME JURÍDICO PRÓPRIO

A Câmara Municipal de Guarulhos aprovou nesta terça-feira (26), em sessão extraordinária, a proposta do prefeito, enviada em 28 de novembro, que altera o regime trabalhista da maioria dos servidores municipais. O projeto aprovado tira 13 mil funcionárias e funcionários, das regras trabalhistas nacionais da CLT (os chamados ‘celetistas’) e os transfere para regras trabalhistas municipais (regime dos chamados ‘estatutários’).  Clique aqui e veja as vantagens e desvantagens do novo regime trabalhista municipal.

 

CHUVA E VENTOS PRODUZEM CAOS EM TODA CIDADE DE GUARULHOS

A chuva e ventos fortes que aconteceram em Guarulhos ao longo da noite do dia 25 (segunda-feira) e de parte do dia 26 (terça-feira) geraram uma série de problemas em Guarulhos. Mais de 100 árvores foram arrancadas, algumas delas danificaram carros, muros e paredes de residências e comércios; muitas casas foram destelhadas; o aeroporto teve voos cancelados e muitos atrasos; e o número de buracos nas ruas (que já era grande) aumentou em quantidade e tamanho. Continue lendo depois da propaganda...

SÃO 17 MILHÕES E 400 MIL PESSOAS DESEMPREGADAS NO BRASIL SEGUNDO O IBGE

Juntando os 12 milhões e 700 mil que procuraram emprego nos últimos três meses, com os 4 milhões e 700 mil desalentados, isto é desempregados que desistiram de procurar emprego, o Brasil está com 17 milhões e 400 mil pessoas querendo trabalhar, mas não conseguindo serviço. São dados divulgados nesta quarta (27) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o famoso IBGE. Nesta quinta (28) serão publicadas novas estatísticas de emprego e desemprego, desta vez pelo Ministério do Trabalho, através do CAGED. Segundo o IBGE, em números redondos, são 110 milhões o número de pessoas aptas e em idade de trabalho no Brasil. Destas, 92 milhões e 500 mil têm serviço, seja com carteira assinada (30%), seja no setor público (11%), seja por conta própria (22%), seja como patrão ( 4%), seja empregado sem carteira assinada (10%).

 

75% DOS BRASILEIROS NÃO GOSTAM DA INTERFERÊNCIA DOS FILHOS DE BOLSONARO NAS DECISÕES DO GOVERNO

A Pesquisa CNT/MDA, divulgada nesta terça-feira (26) mostra que para 56,8% dos entrevistados, Carlos e Eduardo, os filhos do presidente, estão interferindo nas decisões de governo de Bolsonaro. De acordo com o mesmo levantamento, 75% avaliam que familiares, independente de serem ou não políticos, não deveriam influenciar o presidente da República em suas decisões. A pesquisa ainda aponta que 38,9% dos brasileiros aprovam o governo, 19% desaprovam e 29% o consideram regular. O MDA ouviu 2.002 pessoas entre os dias 21 e 23 de fevereiro em 137 municípios de 25 unidades da federação. Os A margem de erro da pesquisa é de 2,2 pontos percentuais.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload