© 2017 gru360 / Aqui Guarulhos se encontra em 360 Graus 

FIQUE LIGADO: CHUVA ALAGA RUAS DE GUARULHOS, FAZ 700 DESABRIGADOS, DERRUBA TETO DO HOSPITAL PIMENTAS E GERA CAOS NO HMU, ARRECADAÇÃO DE IPTU CRESCEU QUASE 13% E MAIS NOTÍCIAS

March 6, 2019

TETO DO HOSPITAL PIMENTAS DESABA COM AS CHUVAS

As chuvas também produziram danos no Hospital Pimentas. Os usuários que esperavam por atendimento na recepção se incomodaram com uma goteira que começou a cair sobre suas cabeças. A quantidade de água foi aumentando e, repentinamente, o teto desaba na frente de todos. Ninguém saiu ferido, mas a situação mostra a gravidade das condições em que se encontram os equipamentos público de saúde do município de Guarulhos. Veja no vídeo, o momento exato em que o teto do Hospital Pimentas desaba.

 

CHUVA ALAGA CORREDORES DO HMU E TRANSBORDO DO ESGOTO INVADE CENTRO CIRÚRGICO

As fortes chuvas que atingiram Guarulhos no feriadão de Carnaval alagaram o Hospital Municipal de Urgência (HMU), provocando transtornos aos pacientes. Com o alagamento, o esgoto voltou e invadiu o centro cirúrgico e os quartos do hospital. Uma das alas do prédio ficou alagada e os funcionários tiveram que transferir pacientes passando por corredores inundados. Por causa da constante falta de medicamentos, atendimentos, limpeza e funcionários sem receber salário, em agosto do ano passado, a Prefeitura suspendeu o contrato de R$ 4,5 milhões com a empresa Gerir e passou a administração para a Santa Casa de Birigui. Mas os problemas continuaram os mesmos. De acordo com Gilvanildo Dias, gestor do hospital, o alagamento ocorreu por causa do excesso de chuva e a tubulação externa do esgoto não suportou, alagando duas salas por água e esgoto. Segundo ele, os reparos estão sendo providenciados e não há risco de contaminação para pacientes.

 

ALAGAMENTOS DEIXAM 700 DESABRIGADOS EM GUARULHOS

As chuvas que caíram ao longo de quase todo o feriadão de Carnaval produziram muitos problemas para quem vive em Guarulhos. Inundações e áreas de alagamento aconteceram em muitos bairros, casas foram invadidas pela água, árvores e muros caíram, cerca de 700 pessoas estão desabrigadas e ao menos uma se encontra desaparecida, segundo a Defesa Civil do Estado de São Paulo.

NA CRISE, A PREFEITURA DE GUARULHOS CONSEGUIU ARRECADAR MAIS IMPOSTO

Sob o aspecto da arrecadação de recursos, a Prefeitura de Guarulhos tem sido eficiente. Enquanto a sociedade pena na crise econômica, a Prefeitura conseguiu em 2018 arrecadar praticamente 25% a mais no imposto sobre serviços (ISS), em relação ao que tinha conseguido arrecadar em 2017, primeiro ano do governo Guti. Como se explica isso? Primeiro, com a obrigação de todas as pequenas empresas de emitir nota fiscal eletrônica. Agora elas pagam o imposto sobre seu efetivo faturamento. Antes era por estimativa de quanto iriam faturar.  Segundo, com o incentivo de gratificação salarial a quem fiscaliza o ISS, os inspetores fiscais. Agora a Prefeitura abriu concurso e vai triplicar o número de inspetores fiscais. Terceiro, com o aumento do percentual de imposto sobre várias atividades econômicas, chamado aumento da alíquota. Quarto, enquanto a indústria encolhe e o comércio patina, mais gente se transfere para o setor de serviços.  Em 2017 a receita do ISS tinha sido de 435 milhões de reais. Em 2018 foi de 541 milhões de reais. Um significativo avanço de 106 milhões no ano.

 

MESMO COM O IPTU CONGELADO A ARRECADAÇÃO DELE CRESCEU QUASE 13%

Parece um mistério. O prometido congelamento do IPTU significou em 2018 uma arrecadação a maior de 12,5% neste imposto para a Prefeitura de Guarulhos. Em 2017 o valor total da receita da Prefeitura com o IPTU tinha sido de 540 milhões de reais. Em 2018 foi de 608 milhões. Esse mistério tem explicação. A anistia de IPTU atrasado começou a receber os pagamentos em dezembro de 2017. Mas prosseguiu espalhada nos meses de 2018, quando arrecadou mais neste quesito do que em 2017. Há outras razões do crescimento do bolo do IPTU em 2018. A primeira, com o desconto de 5% para quem pagou em dia no ano anterior, mais gente foi pagar em dia. A segunda razão, a cidade vai crescendo ano a ano, o número de imóveis tributados sobe, e a burocracia municipal no Departamento de Receita Imobiliária vai ampliando os lançamentos do tributo. É a chamada ampliação da base tributada. Terceiro, a anistia para alguns significa a vontade de não acumular novas dívidas e a decisão de pagar em dia. É verdade, que apara outros é a espera de uma nova anistia lá na frente.

 

PROCURADORES DA PREFEITURA ENGORDAM SEUS SALÁRIOS COM HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS

Qualquer ação judicial  vencida pela Prefeitura de Guarulhos, qualquer acordo, como a anistia para impostos atrasados, geram um bom acréscimo nos salários dos advogados da Prefeitura, denominados de procuradores.  com para,. Por estes mecanismos eles ganham os chamados honorários advocatícios. No ano de 2018, com os honorários advocatícios eles arrecadaram para si 12 milhões e 500 mil reais, que foram distribuídos para os procuradores. Dá por mês, em média, a cada procurador, um prêmio de 13 mil reais para além do salário. Contando os benefícios por tempo de serviço, os procuradores da Prefeitura de Guarulhos recebem por mês mais do que o prefeito. Cumprem uma jornada de 4 horas por dia  (20 horas por semana). No restante do tempo podem trabalhar em escritórios de advocacia. Por isso, ser procurador da Prefeitura é estar na categoria mais privilegiada de todos os servidores municipais.    

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload