© 2017 gru360 / Aqui Guarulhos se encontra em 360 Graus 

FIQUE LIGADO: INDICADORES APONTAM BAIXO CRESCIMENTO DA ATIVIDADE ECONÔMICA EM GUARULHOS, MORTALIDADE INFANTIL CRESCEU NA CIDADE EM 2018 E MAIS NOTÍCIAS

March 7, 2019

 

 

INDICADORES DE IMPOSTOS INDICAM BAIXO CRESCIMENTO DA ATIVIDADE ECONÔMICA EM GUARULHOS

A arrecadação de impostos é um importantíssimo indicador da atividade econômica. Poe ela, fazendo as devidas distinções, dá para notar que a economia de Guarulhos cresceu muito pouco em 2018. O principal indicador da atividade econômica é o imposto sobre a circulação de mercadorias e serviços, o ICMS. Em 2018 a cota de ICMS arrecadada para a Prefeitura de Guarulhos foi de 1 bilhão e 200 milhões de reais, 4,8 % em reais a mais do que em 2017. A indicação é de baixo crescimento da economia local pois a inflação em 2018 ficou perto de 4% (inflação oficial para o Brasil de 3,75%). O ICMS é um fator importante de análise pois assinala o movimento do comércio (alimentos, bebidas, eletrodomésticos, produtos de higiene, de beleza, etc) e o consumo de telefonia, internet, energia elétrica, transportes, e uma imensidade de serviços. Outro imposto importante para averiguar a economia é o imposto sobre a propriedade de veículos automotores, o IPVA. Em 2018 ele arrecadou para Guarulhos 186 milhões de reais, apenas 2,5% a mais do que em 2017, portanto abaixo da inflação. O dado indica uma retração nesta área da economia de Guarulhos.

 

A EDUCAÇÃO É O SEGUNDO GASTO DA PREFEITURA EM GUARULHOS

No ano de 2018, enquanto a Prefeitura de Guarulhos com recursos próprios e federais gastou mais de 1 bilhão de reais na área da Saúde (1 bilhão e 58 milhões), o gasto com Educação foi pouco acima de 900 milhões (919 milhões). Deste montante 455 milhões são transferidos ao município por conta de um fundo nacional para educação básica (ensino infantil e fundamental), o Fundeb. Este fundo é formado a partir de percentuais principalmente do ICMS e IPVA, impostos estaduais que têm participação municipal, e do fundo federal de participação dos municípios (FPM). Portanto, parte destes recursos destes impostos que caberiam ao município receber, ficam retidos para ajudar na formação do fundo, e só chegam ao município como verba carimbada, que só pode ser gasta em educação. Este foi um mecanismo criado no país para garantir que a verba chegasse a seu destino, a educação. O outro mecanismo é o controle feito pelo Tribunal de Contas se o município está aplicando o percentual constitucional em educação.    

 

MORTALIDADE INFANTIL CRESCEU EM GUARULHOS
A mortalidade infantil cresceu em Guarulhos em 2018, saltando para 13,27 crianças que morreram antes de um ano de idade para cada mil nascimentos. Isso significa que, no ano passado, 280 crianças morreram dentro dessa faixa etária. Em 2017, essa taxa foi de 11,59.

 

CHUVAS MOSTRAM PRECARIDADE NA MANUTENÇÃO DA CIDADE
As chuvas que assolaram Guarulhos ao longo de todo o feriadão expuseram a situação de precariedade em que estão a manutenção e a zeladoria da cidade de responsabilidade da Prefeitura. Nos hospitais HMU e Pimentas, a precariedade da falta de remédios, médicos e equipamentos, também se revela na manutenção da estrutura física dos prédios. As vias públicas sofrem com alagamentos em toda a cidade, demora no recapeamento em trechos com muitos buracos, bocas de logo entupidas. Descuido com o desassoreamento dos rios e córregos, o que aumenta os perigos de enchentes, nesse caso, inclusive não existe sequer um local onde possam ser depositados os resíduos retirados dos leitos dos rios e córregos. As chuvas desses últimos dias mostram que a cidade está quase abandonada pela administração municipal.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload