© 2017 gru360 / Aqui Guarulhos se encontra em 360 Graus 

FIQUE LIGADO: MTST FAZ MANIFESTAÇÃO EM GUARULHOS NESTA QUINTA EM DEFESA DA OCUPAÇÃO PRÓXIMA AO TERMINAL DO SÃO JOÃO, LIBERAÇÃO DE SAQUES DO FGTS É TENTATIVA DO GOVERNO DE MAQUIAR APROFUNDAMENTO DA CRISE ECONÔMICA E MAIS NOTÍCIAS

July 18, 2019

MTST FAZ MANIFESTAÇÃO EM GUARULHOS NESTA QUINTA EM DEFESA DA OCUPAÇÃO PRÓXIMA AO TERMINAL DO SÃO JOÃO

Nesta quinta (18) à tarde, centenas de pessoas que ocupam a área da massa falida da VASP próximo ao terminal de ônibus do São João vão fazer uma passeata da Praça Getúlio Vargas, no Centro de Guarulhos, até a Prefeitura no Bom Clima. O objetivo é iniciar o diálogo para regularizar com fins habitacionais aquela área próxima ao aeroporto. A ocupação se chama Nova Vitória e dela participam cerca de 1.800 pessoas. O Movimento dos Trabalhadores Sem Teto, o MTST, coordena a ocupação. A massa falida da VASP entrou em contato com a Prefeitura de Guarulhos para intermediar o diálogo com os ocupantes.

 

MANIFESTAÇÃO DESTA QUINTA TEM TAMBÉM OUTRAS REIVINDICAÇÕES

O MTST vai levar às autoridades de Guarulhos outras reivindicações nesta tarde de quinta (18). Uma delas é o apoio da Prefeitura ao programa Ocupa Férias que está em curso na ocupação Hugo Chavez da Ponte Alta. O programa dá aulas de reforço às crianças e adolescentes durante as férias de julho e aulas de alfabetização de adultos. Disponibiliza também livros da biblioteca que por doações foi criada na ocupação Hugo Chavez. Além disso, a manifestação vai cobrar agilidade na conclusão do processo de dação em pagamento, em troca da dívida de impostos da gleba denominada Sítio do Vovô, para que nos 120 mil metros quadrados ocupados e destinados a moradia de interesse social possam ser iniciadas as obras de urbanização e construção das moradias. O MTST tem uma associação registrada que está habilitada no antigo Ministério das Cidades para a construção de moradias populares. Ela se chama Associação Olhar a um Novo Milênio. Outra reivindicação diz respeito à criação de cooperativas de reciclagem do lixo.

 

LIBERAÇÃO DE SAQUES DO FGTS É TENTATIVA DO GOVERNO DE MAQUIAR APROFUNDAMENTO DA CRISE ECONÔMICA E PODE AFETAR NEGATIVAMENTE A CONSTRUÇÃO CIVIL

A economia brasileira já flerta com a recessão em 2019, as expectativas de um PIB próximo a zero ou até negativo são cada vez mais concretas. A reforma da Previdência deve retirar 90 bilhões de reais por ano do mercado de consumo brasileiro, aprofundando ainda mais a crise econômica. Diante desse cenário, o governo Bolsonaro anunciou a liberação dos saques do FGTS e do PIS-Pasep para tentar reaquecer a economia com a injeção de R$ 63 bilhões no mercado, segundo dados do próprio governo. Trata-se de uma tentativa tripla de enganar o povo brasileiro diante da incapacidade do governo de reaquecer a economia. 1) O FGTS não é um benefício criado por este governo e sim um dinheiro que pertence aos trabalhadores e trabalhadoras e que fica retido como se fosse uma poupança para ser usado em momentos muito importantes como quando se é demitido ou quando precisa de recursos para comprar uma casa própria, por exemplo. 2) Bolsonaro quer usar essa medida, assim como o ex-presidente Temer já fez com o FGTS inativo, para maquiar a verdade de que a reforma da Previdência não trará nenhuma melhora econômica. Para isso, vai usar 63 bilhões que pertence aos trabalhadores para melhorar um pouco o resultado econômico de 2019, mas a economia continuará se deteriorando e produzindo desemprego. 3) Como o FGTS é um dos principais fundos de financiamento da casa própria no Brasil, essa medida vai aprofundar a ainda mais a crise no setor da construção cível aos retirar recursos dessa área.

 

NO BRASIL MAIS DE 300 MIL PESSOAS ESTÃO PRESAS SEM TEREM SIDO CONDENADAS

O Brasil tinha nesta quarta-feira (17) pelo menos 812.564 presos, segundo o Banco de Monitoramento de Prisões, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). O número é próximo ao da população de uma cidade como São Bernardo do Campo, mas o mais preocupante, segundo o CNJ, é que cerca de 41% (mais de 337 mil pessoas) são presos provisórios – pessoas ainda não condenadas, quase a população inteira de uma cidade do tamanho de Itaquaquecetuba. Atualmente, o Brasil tem a terceira maior população carcerária do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos e da China. Os dados do CNJ apontam para o aumento da população prisional brasileira que, de acordo com diagnóstico do Depen, cresce a um ritmo de 8,3% ao ano. Nessa marcha, o número de presos pode chegar a quase 1,5 milhão em 2025, o equivalente à população inteira de cidades como Guarulhos e Campinas.

 

NOVAS MENSAGENS REFORÇAM QUE MORO ERA O LÍDER DA LAVA JATO E NÃO O JUIZ DO PROCESSO

Nova reportagem publicada na manhã desta sexta-feira (18) pela Folha de São Paulo, sobre os vazamentos revelados pelo site The Intercept Brasil, mostra em mensagens privadas trocadas por procuradores da Operação Lava Jato em 2015 que o então juiz Sergio Moro interferiu nas negociações das delações de dois executivos da construtora Camargo Corrêa, impondo aos procuradores que só homologaria os acordos se a pena proposta aos executivos incluísse pelo menos um ano de prisão em regime fechado. A conduta não apenas viola limites impostos pela legislação que manda juízes se manterem afastados de conversas com colaboradores, mas também reforçam mais uma vez que Moro era o líder da operação cujos processos lhe coube julgar.

 

DÍVIDAS DO CORINTHIANS JÁ PASSAM DE 1 BILHÃO DE REAIS

A Odebrecht faz as contas de sua recuperação financeira e entre os ativos (bens imóveis e financeiros) que coloca nessas costas está 800 milhões de reais que o Corinthians lhe deve pela construção do estádio do clube em Itaquera. A direção do Parque São Jorge contesta esse valor e diz que a dívida do Timão é de 400 milhões de reais. Além disso, o clube tem uma dívida de 470 bilhões com BNDS, isso sem contar os juros anuais dessas dívidas. O Corinthians fechou 2018 com déficit de quase 15 milhões de reais e esse cenário deve se repetir em 2019.

Apoio: 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload