© 2017 gru360 / Aqui Guarulhos se encontra em 360 Graus 

FIQUE LIGADO: ASSALTO CINEMATOGRÁFICO NO AEROPORTO DE GUARULHOS, DESMONTE DA PETROBRÁS CONTINUA EM AGOSTO COM VENDA DA LIQUIGÁS E MAIS NOTÍCIAS

July 26, 2019

 

 

ASSALTO CINEMATOGRÁFICO NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Normalmente, o Fique Ligado não cobre a pauta policial, mas as características cinematográficas do assalto que ocorreu, na tarde desta quinta-feira (25),no Aeroporto de Guarulhos, transcendem a crônica policial. Por volta das 14 horas, um grupo de homens armados, disfarçados de policiais federais, roubou 750 kg de ouro do Terminal de Cargas do Aeroporto Internacional de Guarulhos. Ao todo, oito homens, distribuídos em dois veículos camuflados como viaturas da PF, entraram no armazém e abordaram os agentes do terminal. A carga, que foi roubada de um carro, seguiria para Zurique, na Suíça, e Nova York, nos Estados Unidos e está avaliada em 120 milhões de reais. Toda a operação durou apenas 3 minutos e não houve tiros ou feridos.

 

CONCLUÍDA REFORMA DA UTI DO HMU DE GUARULHOS FEITA COM RECURSOS DA MICROLITE

Finalmente foi concluída a reforma da UTI do Hospital Municipal de Urgências de Guarulhos (HMU). A obra começou em abril de 2017, pela empresa Gerir, contratada pela atual administração municipal para fazer a gestão do hospital. A Gerir pegou o dinheiro da Prefeitura, mas não fez a obra. Desde aquela época, foi improvisada uma UTI no local onde funcionava a psiquiatria, e a psiquiatria foi transferida para uma enfermaria, onde tem funcionado precariamente. A reforma foi realizada pela Microlite num acordo para compensar a contaminação do solo produzida pela fábrica em seu antigo prédio na Vila Augusta. A Microlite fabrica, entre outras coisas, as pilhas Rayovac, e para isso utiliza produtos químicos altamente tóxicos.

 

INGERÊNCIA DE MORO COLOCA EM RISCO JUSTIÇA E DEMOCRACIA NO BRASIL

Dois dias depois de a Polícia Federal prender quatro suspeitos de supostamente hackear a cúpula do poder no Brasil, o ministro da Justiça, Sergio Moro, tomou a iniciativa nesta quinta-feira (25) de telefonar para outras autoridades que, assim como ele, são apontadas como alvo da investida do grupo e prometeu destruir as supostas mensagens apreendidas com os detidos. A atribuição sobre o que fazer com o material, no entanto, é do juiz do caso, informaria a Polícia Federal horas depois. Os vazamentos de mensagens da Lava Jato demonstram que Moro liderava o grupo de procuradores de uma ação da qual ele era o juiz. Como Ministro da Justiça, ele colocou todo o peso do aparato de segurança do Estado para encontrar e prender a fonte das informações contra ele. Encontradas estas supostas fontes, ele teve acesso às mensagens hackeadas e ele decide que destruirá as mensagens nas quais ele supostamente também está envolvido. O comportamento do ex-juiz tem sido visto por juristas e entidades do direito, como a OAB, como extremamente ofensivo ao Estado Democrático.

 

DESMONTE DA PETROBRÁS CONTINUA EM AGOSTO COM VENDA DA LIQUIGÁS

O desmonte da Petrobrás vai continuar no próximo mês. Depois de vender o controle da BR Distribuidora para um conjunto de empresas, inclusive estrangeiras, o governo Bolsonaro anunciou que a próxima venda será a da Liquigás, distribuidora de gás de cozinha, que ocorrerá em agosto. As ofertas pela empresa serão recebidas no dia 7 de agosto, de acordo com o presidente da estatal, Roberto Castello Branco. O secretário especial de desestatização, Salim Mattar, disse que as privatizações das subsidiárias da Petrobrás e de outras estatais “vão acontecer de forma lenta e gradual, mas constante” durante o governo Bolsonaro.

 

MARCHA DAS MULHERES NEGRAS TOMA CONTA DO CENTRO DE SÃO PAULO

Com nove grandes temas e reivindicações, mulheres negras fizeram um ato na contra o racismo em São Paulo (SP) nesta quinta-feira (25), Dia Internacional da Mulher Negra Latino-americana e Caribenha. A 4ª Marcha das Mulheres Negras de São Paulo percorreu ruas do centro da capital paulista com o tema “sem violência, racismo, discriminação e fome! Com dignidade, educação, trabalho, aposentadoria e saúde!” As mulheres foram puxadas pelo bloco afro Ilú Oba de Min e fizeram trajeto da Praça da República até o Largo do Paissandú, onde encerraram a manifestação na frente da Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload