© 2017 gru360 / Aqui Guarulhos se encontra em 360 Graus 

FIQUE LIGADO: DINHEIRO QUE A SABESP VAI REPASSAR À PREFEITURA DE GUARULHOS VIRÁ DA TARIFA COBRADA DOS USUÁRIOS, TRIBUNAL DE CONTAS DIZ QUE FALTOU PLANEJAMENTO À PREFEITURA DE GUARULHOS EM 2018 E MAIS NOTÍCIAS

August 6, 2019

DINHEIRO QUE A SABESP VAI REPASSAR À PREFEITURA DE GUARULHOS VIRÁ DA TARIFA COBRADA DOS USUÁRIOS

Foto: Prefeitura de Guarulhos assina contrato de concessão do SAAE à Sabesp

No contrato de concessão à Sabesp de toda receita do mercado consumidor de água em Guarulhos (1 milhão e 400 mil pessoas e milhares de empresas) e de todo o patrimônio do SAAE acumulado em mais de 50 anos, há uma cláusula de repasse pela Sabesp de 30 milhões de reais por ano durante cinco anos para a Prefeitura. Mas este valor não virá do capital da Sabesp. Segundo o contrato, ele será incorporado aos futuros reajustes das tarifas de água e de esgoto cobrada dos consumidores. Portanto o alegado benefício da Sabesp à Prefeitura será pago pela população.  As tarifas de água e esgoto agora deixarão de ter seus valores fixados pelo Município. Os reajustes passarão a ser feitos pela Arsesp, uma agência do Estado de São Paulo, vinculada à Secretaria de Governo estadual. Uma das consequências da passagem do Saae à Sabesp é a perda de autonomia de Guarulhos para fixar o preço da água e do serviço de esgotos.

 

RELATÓRIO DO TRIBUNAL DE CONTAS DIZ QUE FALTOU PLANEJAMENTO À PREFEITURA DE GUARULHOS EM 2018

Relatório do Tribunal de Contas de São Paulo (TC) aponta que, em 2018, faltou planejamento na gestão da Prefeitura de Guarulhos. Segundo o documento, no planejamento apresentado pela atual administração da cidade “não há relatórios com análise quanto à mensuração de Programas, Metas e Ações por um ou mais indicadores próprios e adequados, e que permitam aferir a situação atual (aquela que se pretende modificar) e os avanços obtidos ao longo da execução em direção à mudança pretendida. Também, segundo o documento, a Prefeitura não apresenta relatórios com avaliação entre o que foi ofertado à população e as reais demandas da sociedade, coletadas, principalmente, nas audiências públicas realizadas e nos demais instrumentos de diagnóstico dos problemas, necessidades e deficiências do município.

 

TC TAMBÉM DIZ QUE PREFEITURA DE GUARULHOS INVESTIU MUITO ABAIXO DO NECESSÁRIO EM 2018

O Relatório do TC também aponta que a taxa de investimento do Município de Guarulhos está em níveis baixíssimos. Em 2018, o montante de investimentos foi de pouco mais de 116 milhões de reais, em relação à receita corrente líquida de cerca de 4 bilhões de reais. Ou seja, a taxa de investimento não chegou a 3% da receita líquida, ficando abaixo dos últimos três anos, que já foram de investimentos muito baixos. A falta de investimentos por parte do Município, segundo o relatório, compromete o desenvolvimento de todas as políticas públicas, a renovação dos bens permanentes da Prefeitura de Guarulhos (afetando o seu desempenho operacional) e causa enormes prejuízos à população (como, por exemplo, a paralisação de obras de infraestrutura por falta de recursos). Continue lendo depois da propaganda...

CONFERÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE PROSSEGUE EM BRASÍLIA COM MAIS DE CINCO MIL PARTICIPANTES

Com abertura no domingo à noite, a 16ª Conferência Nacional de Saúde prossegue até esta quarta (7) em Brasília com 5 mil e 300 participantes de todo o país. Nesta segunda houve mesas de debates sobre os princípios do Sistema Único de Saúde e sobre o financiamento da saúde pública. À tarde os participantes se reuniram em grupos de trabalho, que continuam se reunindo nesta terça. Apenas amanhã, quarta, é que se reunirá a plenária que votará as deliberações dos delegados e delegadas participantes de todo o país. Guarulhos tem 13 representantes na Conferência.

 

RADICALISMO DO PRESIDENTE DA REPÚBLICA REVELA O PENSAMENTO DE QUASE UM TERÇO DA POPULAÇÃO

Pesquisa Datafolha revela que não é estranho para cerca de um terço da população adulta brasileira as falas do presidente da República que estimulam a violência mortal da polícia, o armamento generalizado das pessoas, a visão de que defender o meio ambiente prejudica os negócios, o apoio à ditadura militar, a invasão pelo garimpo e madeireiras de terras indígenas, o alinhamento aos Estados Unidos, e muitos ataques às empresas estatais, aos direitos humanos, à liberdade de costumes. Pela pesquisa, varia de 29% a 37%  a identidade dos pesquisados com as ideias de extrema-direita do presidente. Por isso que ele as continua expressando para manter sua base social, enquanto o Ministério da Economia vai, com apoio da maioria do Congresso Nacional, tirando direitos trabalhistas e previdenciários, vendendo as empresas estatais, cortando recursos para saúde, educação, cultura, ciência e tecnologia.

 

ENDIVIDAMENTO DAS FAMÍLIAS CRESCE E MOSTRA OS IMPACTOS DA PRECARIZAÇÃO DO TRABALHO NO BRASIL

Pesquisa da Confederação Nacional do Comércio (CNC) mostra que, em julho deste ano, 64% das famílias brasileiras se declaram endividadas. Na mesma época do ano passado, eram 59%. Outro número que preocupa é que as dívidas hoje representam em média cerca de 30% do total da renda dessas famílias e muitas delas (cerca de 10%) afirmam que não conseguirão pagar essas dívidas. Essa situação é resultado do desemprego de mais de 18 milhões de brasileiros e brasileiras (cerca de 13 milhões que procuram emprego e cerca de 5 milhões que desistiram de procurar) e de outros milhões que atuam em trabalhos precarizados e tiveram forte redução na sua renda.  

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload