© 2017 gru360 / Aqui Guarulhos se encontra em 360 Graus 

FIQUE LIGADO: CONFERÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE FOI DE RESISTÊNCIA AO DESMONTE DO SUS, PREFEITURA ALUGA 147 VEÍCULOS, ENQUANTO OUTROS 104 ESTÃO PARADOS POR FALTA DE MANUTENÇÃO E MAIS NOTÍCIAS

August 9, 2019

CONFERÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE FOI DE RESISTÊNCIA AO DESMONTE DO SUS

A 16ª Conferência Nacional de Saúde, realizada em Brasília, de domingo (4) a quarta (7) foi marcada pela resistência às medidas adotadas nos governos Temer e Bolsonaro, consideradas de desmonte do sistema público de saúde. Com mais 5 mil participantes (cerca de 4 mil delegados de todo o país), a Conferência começou na abertura com protesto contra o governo. O ministro da Saúde, foi intensamente vaiado nos pouco mais de três minutos que falou. A redução do financiamento público da saúde, foi o tema principal. A Conferência, por decisão plenária, se manifestou pela revogação da mudança constitucional feita no governo Temer que congelou os gastos com saúde, educação, programas sociais, impedindo a melhoria do atendimento nestas áreas ainda carentes no país. Manifestou-se também contra a nova política de atenção básica do atual governo (PNAB), que diminui o número de agentes comunitários de saúde e aumenta o número de famílias a serem atendidas por eles. A Conferência defendeu o programa Mais Médicos na forma como havia sido instituído no governo Dilma. Guarulhos teve 13 representantes na Conferência.

 

PREFEITURA ALUGA 147 VEÍCULOS, ENQUANTO OUTROS 104 ESTÃO PARADOS POR FALTA DE MANUTENÇÃO

Segundo o relatório 2018 do Tribunal de Contas do estado de São Paulo (TC), a Prefeitura de Guarulhos possuía naquele ano uma frota de 691 veículos, dos quais 104 estavam parados por falta de reparos e outros 77 estavam sucateados, porque supostamente não seria viável consertá-los. Tendo toda essa quantidade da frota parada, a Prefeitura alugava 147 veículos, produzindo um gasto público que poderia ser evitado com um melhor planejamento de conservação. A Prefeitura informou que após a implantação de um novo sistema de manutenção com fornecimento de peças no Departamento de Transportes Internos (DTI), será feito um cronograma para as manutenções preventivas nos veículos fabricados a partir de 2015. Os veículos com ano de fabricação anterior a 2015 serão leiloados e a verba arrecadada será utilizada para a renovação da frota. A Prefeitura não é clara sobre os prazos desse cronograma de manutenção. Continuar lendo depois da propaganda...

SETOR DE SERVIÇOS CONTINUA EM QUEDA, SEGUNDO O IBGE, E REDUZ EMPREGOS

Não é só a indústria que prossegue caindo na crise que assola a economia brasileira. A economia do setor de serviços continua recuando, segundo publicou nesta sexta (9) o IBGE sobre o desempenho no mês de junho último. Caiu também no estado de São Paulo a atividade econômica nas áreas de informação e comunicação, de transportes e correios, de serviços profissionais, serviços administrativos, serviços pessoais e para famílias, e outros serviços em geral. A repercussão sobre o desemprego é grande, uma vez que com a redução dos empregos na indústria, eram os serviços e o comércio que acolhiam empregados. Esta tendência mudou nos últimos meses. No mesmo mês de junho, em Guarulhos o setor de serviços perdeu 371 empregos de carteira assinada em relação a maio, e a indústria perdeu 352 empregos, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério da Economia.

 

VIOLÊNCIA POLICIAL E VIOLÊNCIA CONTRA O MEIO AMBIENTE CRESCERAM EM 2019

As declarações do presidente Bolsonaro de apoio à violência policial e ao desmatamento não possuem apenas um efeito retórico. Dados mostram que mortes cometidas por policiais aumentaram nestes primeiros meses de 2019. O número de pessoas mortas por policiais militares no estado de São Paulo, por exemplo, cresceu mais de 10% no primeiro semestre deste ano, comparado com o mesmo período no ano passado. No Rio de Janeiro, outro recorde: nos primeiros seis meses do ano, a polícia foi responsável por 30% das mortes violentas no estado. No caso do meio ambiente, dados do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) mostram que o desmatamento na Amazônia triplicou em julho.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload