© 2017 gru360 / Aqui Guarulhos se encontra em 360 Graus 

FIQUE LIGADO: RECOLHIMENTO DE IMPOSTOS DA PREFEITURA DE GUARULHOS MOSTRA QUE ECONOMIA VAI MAL, MARCHA DAS MARGARIDAS LEVA 100 MIL ÀS RUAS DE BRASÍLIA E MAIS NOTÍCIAS

August 15, 2019

Vídeo: Marcha das Margaridas 2019

 

FINANÇAS DA PREFEITURA DE GUARULHOS NESTE ANO MOSTRAM TENDÊNCIA DE REPETIR 2018

Uma análise do desempenho da arrecadação municipal nos seis primeiros meses deste ano projeta uma tendência de um resultado inferior em termos reais ao obtido no ano passado. Até o final de junho último a arrecadação total da Prefeitura foi de 2 bilhões e 120 milhões de reais, um resultado apenas 2,7% acima do arrecadado no ano passado. Portanto mais baixo se for descontada a inflação do período. Se a arrecadação permanece empatada ou mais baixa, a despesa sempre tende a crescer. Em parte, porque quase 50% do gasto é com pessoal, que tem uma progressão salarial incomprimível. Os problemas de atrasos nos pagamentos nos outros compromissos com empresas terceirizadas ou subvenções a terceiros tendem a se agravar no segundo semestre, quando a arrecadação é menor devido a uma parte dela ser mais substanciosa no início do ano.

 

RECOLHIMENTO DE IMPOSTOS É UM INDICADOR DA RECESSÃO NA ECONOMIA

Assim como a economia nacional não dá sinais de sair da crise, também as finanças da Prefeitura de Guarulhos estão patinando em 2019. A parte do município no Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços, um grande termômetro da atividade econômica, está empatado com o ano passado, se considerada a inflação. O mesmo fenômeno vem ocorrendo com o ISS, tributo municipal sobre um grande número de serviços. As transferências obrigatórias do governo federal até junho têm sido menores em valores reais do que as do ano passado.  A projeção do IPTU é de ficar abaixo em termos reais do que foi a receita de 2018. Exceto se a administração municipal fizer uma nova lei de anistia. O problema é que a repetição de leis de anistia acostumam principalmente os grandes devedores a não pagar o importo em dia.

 

PREFEITURA DE GUARULHOS DIZ QUE VAI INSTALAR 100 CÂMERAS DE MONITORAMENTO DE TRÂNSITO NA CIDADE

A Prefeitura de Guarulhos anunciou nesta quinta-feira (15) que pretende instalar 110 câmeras de monitoramento na cidade, que serão usadas para aplicar multas sem a necessidade da presença de agentes de trânsito. Os equipamentos também poderão ser utilizados pelos agentes de segurança pública para a identificação de veículos roubados ou envolvidos em ocorrências criminais. Em tempo, importante lembrar que já está perto de completar dois anos que a cidade de Guarulhos está sem Zona Azul, pois a Prefeitura ainda não conseguiu fazer uma licitação para contratar esse serviço.

 

MARCHA DAS MARGARIDAS LEVA 100 MIL ÀS RUAS DO DISTRITO FEDERAL

Trabalhadoras rurais de todo país participaram, nestas terça e quarta (13 e 14), da Marcha das Margaridas em Brasília, manifestação que ocorre desde 2000 reafirmando a defesa de temas voltados ao campo. A passeata aconteceu entre o Pavilhão do Parque da Cidade e o Congresso Nacional. No início da concentração, estima-se que 30 mil mulheres estavam presentes, mas ao longo da marcha, o evento contou com a presença de 100 mil pessoas, segundo as organizadoras.  Também participaram da marcha uma multidão de mulheres indígenas que compunham a 1ª Marcha das Mulheres Indígenas. A Marcha foi uma manifestação dos setores prejudicados pelo atual governo e suas reivindicações são participação popular nas decisões, igualdade das mulheres com os homens, restrições aos agrotóxicos e apoio à agricultura sustentável e familiar, respeito às terras indígenas, redução da violência e não liberação de armas.

 

QUASE 5 MILHÕES DE BRASILEIROS E BRASILEIRAS PROCURAM EMPREGO HÁ MAIS DE UM ANO SEM SUCESSO. DESEMPREGO JÁ ATINGE 18 MILHÕES DE PESSOAS NO BRASIL

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a taxa de desemprego no Brasil estava em 12% no trimestre encerrado em junho, atingindo 12,8 milhões de pessoas. Além desses, outros quase 5 milhões de trabalhadores desistiram de procurar emprego, são os chamados desalentados. Ou seja, o desemprego no Brasil atinge quase 18 milhões de trabalhadores e trabalhadoras. Relatório do IBGE divulgado nessa quinta-feira, mostra que quase 40% dos desempregados brasileiros (cerca de 5 milhões de pessoas) já procuram emprego há mais de um ano sem sucesso. O elevado tempo de procura por emprego é um dos fatores que ajudam a explicar o alto número de desalentados

 

MÁS NOTÍCIAS DA ECONOMIA MUNDIAL REPERCUTEM SOBRE O BRASIL

O sistema financeiro mundial, que é o topo da economia e dá o tom dela, indica que está em curso no mundo uma recaída da crise econômica que começou em 2018 e que ainda persiste em soluços. Uma das causas é a redução cada vez maior no crescimento da economia chinesa. A guerra comercial movida contra ela pelos Estados Unidos já é sentida naquele país. Também não são boas as notícias da economia alemã, a principal da Europa, e da economia da Inglaterra, também entre as maiores do mundo.  Um sintoma dos novos problemas é a decisão do Banco Central brasileiro de se desfazer de grande quantidade de dólares, em medida só comparada à que foi feita em 2009, quando, ainda no governo Lula, o Brasil foi atingido pela crise iniciada em 2008. Naquela época a recuperação foi rápida por três motivos principais: havia no Brasil, um mercado interno em crescimento por causa da geração de até dois milhões de empregos por ano e com alta dos salários (ao contrário de agora); a China, grande importadora de nossos produtos, estava crescendo a uma taxa o dobro da atual; e a Argentina, um grande mercado de produtos brasileiros, tinha uma polícia de empregos e salários semelhante ao Brasil.

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload