© 2017 gru360 / Aqui Guarulhos se encontra em 360 Graus 

FIQUE LIGADO: ELEIÇÕES INTERNAS DO PT EM GUARULHOS MOSTRAM UM EQUILÍBRIO DE FORÇAS, MINISTRO DO STF DIZ QUE TENTATIVA DE PROIBIÇÃO DE LIVRO NA BIENAL É AVISO DE UM TEMPO SOMBRIO E MAIS NOTÍCIAS

September 9, 2019

ELEIÇÕES INTERNAS DO PT EM GUARULHOS MOSTRAM UM EQUILÍBRIO DE FORÇAS

As eleições internas para a nova direção do PT em Guarulhos, realizadas neste domingo dia 8, foram vencidas pela atual maioria, mas com uma margem bem menor de representação no Diretório Municipal do que aquela que possuía anteriormente. Dos 23 mil filiados, compareceram 2.520 para votar em 16 locais de votação nas diversas regiões da cidade. A atual presidente municipal do PT, vereadora Genilda Bernardes foi reeleita com 1.269 votos contra 1099 do candidato Samuel Vasconcelos, ex-vereador do PT. A chapa encabeçada por Genilda elegeu 17 membros da direção municipal de 44 integrantes. A chapa encabeçada por Samuel elegeu 19 membros da direção. O restante coube a outras três chapas que não tinham candidato a presidente. Além da direção municipal foram votadas as chapas de representantes para a etapa estadual e a etapa nacional do 7º Congresso do PT e para a região do Alto Tietê, com resultados mais ou menos na mesma proporção. A votação se deu sem qualquer incidente. As chapas concorrentes compartilharam mesários e fiscais.

 

PARA MINISTRO DO STF A TENTATIVA DE PROIBIÇÃO DE LIVRO NA BIENAL DO RIO É AVISO DE UM TEMPO SOMBRIO QUE SE ANUNCIA

Na última quinta-feira (5), o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, pediu para recolher exemplares do livro em quadrinhos "Vingadores, a cruzada das crianças" (Editora Salvat), que tem a imagem de um beijo entre dois personagens masculinos. Na tarde de sexta-feira (6), fiscais da prefeitura foram à Bienal para identificar e lacrar livros considerados "impróprios". Todos os exemplares do livro em questão já haviam sido vendidos e a fiscalização não encontrou conteúdo em 'desacordo com a legislação. Ainda na sexta, a Bienal recorreu à Justiça para garantir "pleno funcionamento do evento" e durante a noite uma liminar foi concedida impedindo a apreensão de livros no evento. A prefeitura recorreu e uma nova decisão do Tribunal de Justiça autorizou a apreensão dos livros e colocou sob ameaça o alvará de funcionamento da Bienal, que imediatamente recorreu ao STF. O presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, revogou neste domingo (8) a apreensão de livros de temática LGBT na bienal da cidade do Rio de Janeiro. O também ministro do STF Celso de Mello classificou a censura a livros da Bienal do Rio como 'fato gravíssimo': "Sob o signo do retrocesso - cuja inspiração resulta das trevas que dominam o poder do estado–, um novo e sombrio tempo se anuncia: o tempo da intolerância, da repressão ao pensamento, da interdição ostensiva ao pluralismo de ideias e do repúdio ao princípio democrático", disse Celso de Mello. Continue lendo depois da propaganda...

Apoio: 

SETOR PRIVADO VAI TOMANDO CONTA DE TODO SISTEMA DE COMUNICAÇÃO NO BRASIL

Depois da privatização das telecomunicações na década de 1990, a totalidade do setor de telefonia e internet no Brasil foi para empresas privadas. As novas formas de comunicação como Facebook e Whatsapp são privadas de capital norte-americano. Se consumado o anúncio do atual governo de privatizar os Correios (ECT) e a Empresa Brasileira de Comunicação (EBC), o setor estatal estará completamente fora do sistema brasileiro de comunicação. A Empresa Brasileira de Correios antes de 1969 era uma autarquia governamental cuja história começa quando ainda o Brasil era colônia de Portugal. Os Correios são mais antigos que o Banco do Brasil e a Casa da Moeda criados alguns anos antes da independência do país. Os Correios têm o monopólio da distribuição da correspondência escrita e estão hoje com 115 mil funcionários. A EBC, também governamental, possui uma Agência de Notícias, a TV Brasil criada em 2007, a TV MEC, e uma rede de rádios, especialmente Rádio Nacional e Rádio MEC. O sistema de comunicação é estratégico para a soberania de um país. No caso brasileiro ficará completamente em mãos de empresas privadas de capital internacional.

 

ENERGIA, ESTRADAS, PORTOS, AEROPORTOS, FERROVIAS TAMBÉM FORAM E ESTÃO SENDO PRIVATIZADAS

A energia elétrica e os aeroportos (estes em número de passageiros) já estão 77% em mãos de empresas privadas no Brasil. As ferrovias e os portos mais ainda: 87% estão privatizados. O setor de petróleo e de gás está sendo privatizado, com ameaça inclusive do fim da Petrobras, empresa criada na década de 1950. Agora, vários governos estaduais pretendem privatizar a captação, tratamento e distribuição de água e o sistema de esgotos. No caso de São Paulo, o atual governo anunciou que pretende privatizar a Sabesp, que acabou de tomar conta em Guarulhos do SAAE e de sistemas semelhantes de outras grandes cidades da Região Metropolitana da Capital. O governador diz estar à espera da aprovação no Senado de um projeto que cria normas de privatização para este setor. No Brasil ainda são raras as empresas privadas que operam o sistema de água e esgoto. Apenas 18% é a participação do setor privado, a maior parte em empresas estatais de capital minoritário aberto, como é o caso da Sabesp, onde o governo do Estado ainda é sócio majoritário.

Apoio:

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload