© 2017 gru360 / Aqui Guarulhos se encontra em 360 Graus 

FIQUE LIGADO: ORQUESTRA JOVEM DE GUARULHOS VIROU ORQUESTRA SINFÔNICA VINCULADA À EDUCAÇÃO, PEDIDOS DE DEMISSÃO AGRAVAM AINDA MAIS A FALTA DE MÉDICOS EM GUARULHOS E MAIS NOTÍCIAS

September 10, 2019

ORQUESTRA JOVEM DE GUARULHOS VIROU ORQUESTRA SINFÔNICA VINCULADA À EDUCAÇÃO

A Câmara de Guarulhos aprovou projeto do prefeito transformando a Orquestra Jovem, criada em 2003, em Orquestra Sinfônica. O nome ‘sinfônica’ é dado a orquestras mantidas pelo poder público. Nisto não se diferencia da Orquestra Jovem. No meio artístico se chama de ‘filarmônica’ a orquestra mantida por fundações ou outros fundos privados. A ginástica orçamentária da Prefeitura para pagar 50 músicos via os 25% da receitas obrigatórios para Educação foi transformá-los em professores  bolsistas de música nas escolas municipais. Pela lei aprovada eles são também alunos do Conservatório Municipal. A lei deixa claro que não há vínculo trabalhista entre estes músicos e a Prefeitura. O gasto anual previsto é de 1 milhão e 750 mil reais com bolsas que vão de R$ 2.800 a R$ 3.500. Porem continua em vigor a Lei que criou a Orquestra Jovem. 

 

PEDIDOS DE DEMISSÃO AGRAVAM AINDA MAIS A FALTA DE MÉDICOS EM GUARULHOS

O Diário Oficial do Município de Guarulhos da última sexta-feira (6) informou que mais 19 profissionais de saúde pública pediram demissão e entre eles estão sete médicos. Todas as pesquisas mostram que o principal problema da cidade de Guarulhos é a saúde pública, e que o principal problema da saúde é a falta de médicos. No entanto, desde que a atual administração municipal tomou posse, mais de 200 médicos já pediram demissão. No começo de julho, a Prefeitura publicou a chamada de 147 médicos aprovados em concurso público. No entanto, 65 desses médicos desistiram do cargo ainda em agosto e, de lá para cá, outros 13 médicos pediram demissão. 

 

MOTOBOYS RECLAMAM DA EMPRESA DE ENTREGAS RAPPI

A Rappi é uma empresa de entregas feitas por motoboys ou ciclistas. Trata-se de um caso generalizado de subemprego no Brasil. Eles trabalham muito, arriscam no trânsito a integridade física e a vida sem qualquer responsabilidade da empresa, não têm nenhum direito trabalhista, semelhante aos motoristas de Uber. Entre as reclamações, os motoboys se queixam do prejuízo que têm quando, no meio do caminho da entrega, o destinatário da mercadoria cancela o pedido. O entregador tem que fazer meia volta, dirigir-se ao escritório da Rappi para devolver a mercadoria, perder uma ou duas horas, e não ganhar nada pelo tempo perdido, combustível, e riscos . Outra reclamação: se o entregador recebe do destinatário em dinheiro, o motoboy tem que parar num banco ou casa lotérica e depositar o valor para a Rappi, sob pena de bloqueio de liberar para ele qualquer nova entrega. Continue lendo depois da propaganda... 

Apoio:

MAIORIA NO PAÍS É CONTRA PRIVATIZAÇÕES SEGUNDO DATAFOLHA

Pesquisa Datafolha divulgada nesta terça-feira (10) aponta que 67% dos brasileiros e brasileiras são contra privatizações e apenas 25% são a favor da transferência de estatais para o setor privado. Evidentemente a maior taxa de apoio às privatizações é de empresários: 51%. Mas, mesmo entre eles 41% são contra. A maior taxa de rejeição às privatizações, acima de 70%, vêm de pessoas com renda e escolaridade menor e de mulheres. São setores da sociedade que sabem da necessidade das instituições públicas em suas vidas (seja na educação, saúde, programas sociais, infraestrutura). Para isso, o poder estatal tem que obter recursos através das estatais para completar os recursos que obtém através de impostos. A venda das estatais para caixa imediato do governo coloca em risco a sustentação futura dos programas para a sociedade, além de reduzir a soberania nacional. Por exemplo nas teles, na energia elétrica, na fabricação de aviões, as privatizações passaram a propriedade destas áreas estratégicas para empresas e capitais de outros países. Os dados das pesquisas vem reforçando que os projetos do Governo Bolsonaro são rejeitados pela maioria dos brasileiros, ao mesmo tempo em que revelam que este governo conta com o apoio consistente de uma minoria, cerca de 30% da população.

 

GOOGLE SERÁ INVESTIGADA POR VANTAGENS INDEVIDAS NO MERCADO DA INTERNET

A Google será investigada por procuradores-gerais de 48 estados e territórios dos EUA. O objetivo principal é descobrir se a empresa usou alguma vantagem indevida para dominar o mercado de anúncios online, mas o inquérito também buscará apurar a forma como os resultados de busca são organizados e a proteção aos dados pessoais dos usuários. O procurador-geral do Texas, um dos estados envolvidos na operação, informou nesta segunda-feira (9) que o Google será investigado por “dominar de forma não transparente todos os aspectos de publicidade online e pesquisa na internet”. Em 2018, a empresa teve faturamento de mais de R$ 550 bilhões com anúncios, com lucro líquido de mais de R$ 120 bilhões. 

Apoio:

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload