© 2017 gru360 / Aqui Guarulhos se encontra em 360 Graus 

FIQUE LIGADO: OFERTA DE CONSULTAS COM MÉDICOS ESPECIALISTAS CAIU 28% EM GUARULHOS; POBREZA AUMENTA E GOVERNO REDUZ O NÚMERO DE BENEFICIADOS NO BOLSA FAMÍLIA E MAIS NOTÍCIAS

October 1, 2019

OFERTA DE CONSULTAS COM MÉDICOS ESPECIALISTAS CAIU 28% EM GUARULHOS

São dados apresentados pela Secretaria da Saúde de Guarulhos em audiência pública realizada nesta segunda (30) na Câmara Municipal. No início de 2018 o número de consultas médicas de especialidades como cardiologia, ortopedia, neurologia, era de 148 mil em quatro meses na cidade de Guarulhos. No mesmo período, um ano depois, o número de consultas disponíveis em especialidades médicas tinha caído para 106 mil. E assim se manteve de maio a agosto deste ano de 2019. Esta é mais uma face da enorme crise que vive a saúde pública no município. Outra revelação da audiência: embora tenha feito concurso para médicos de família para as equipes das UBSs, um dos médicos entrou com ação na Justiça e trancou a contratação dos demais médicos e médicas aprovados porque eles e elas não seriam especializados em medicina da família ou não teriam feito residência médica nesta área. Enquanto isso continuam  faltando médicos na atenção básica.

 

MOTORISTAS DE UBER TÊM POUCO SUCESSO NAS MUDANÇAS PROPOSTAS NO DECRETO DA PREFEITURA DE GUARULHOS

Lideranças de motoristas de UBER e outras empresas de aplicativos avaliam que só conseguiram 5% de suas reivindicações de mudança no decreto que regulamenta em Guarulhos este serviço de transporte individual de passageiros.  Um novo decreto, publicado no Diário Oficial de Guarulhos nesta segunda (30), manteve em linhas gerais as exigências anteriores: cadastro das empresas de aplicativos na Prefeitura, informação por elas da quilometragem rodada em todas as viagens, pagamento de 10 centavos por quilômetro rodado no serviço, cadastro dos motoristas na Prefeitura com toda documentação pessoal e do veículo e grande número de outras exigências, tais como: pagamento do ISS, seguro específico, recolhimento do INSS, curso especial de motorista transportador de passageiros.

 

ALGUMAS MUDANÇAS NO DECRETO QUE REGULAMENTA TRANSPORTE POR APLICATIVOS EM GUARULHOS

Em relação ao decreto de março deste ano, a Prefeitura de Guarulhos revogou no novo decreto a obrigação de o motorista estar em dia com a Receita Federal, mantendo a obrigação de não ter dívidas com a Prefeitura. Revogou a obrigação de apresentar certidão de não ter cometido infrações graves de trânsito. Aceitou cadastro do motorista como microempreendedor individual (MEI). Reduziu a vistoria semestral do veículo para vistoria anual. E desobrigou as empresas de aplicativos de apresentar o cadastro dos motoristas que trabalham com elas e de cortar o serviço deles quando solicitado pela Prefeitura.

 

ENQUANTO A POBREZA AUMENTA, GOVERNO REDUZ O NÚMERO DE BENEFICIADOS NO BOLSA FAMÍLIA

Depois da Previdência Social, o Bolsa Família é o maior programa social do Brasil, criado em 2004 no governo Lula. Contraditoriamente, enquanto o número de famílias pobres tem aumentado com a prolongada crise econômica, o atual governo vem reduzindo o número de famílias atendidas. Eram 14 milhões e 300 mil famílias. Hoje são 13 milhões e 500 mil, com uma longa fila de espera. Além disso o valor do benefício foi congelado. Um logro intentado contra as famílias. Isso porque o atual presidente prometeu na campanha um décimo terceiro benefício. Para cumprir isso está economizando com a redução do número de famílias no programa e diminuindo o valor real do benefício mensal ao não fazer o reajuste de acordo com inflação.  A média do valor recebido por família atualmente é de 188 reais por mês. Continue lendo depois da propaganda... 

NO MUNDO A INDÚSTRIA CRESCE, NO BRASIL ELA ENCOLHE

Nos último 5 anos a produção mundial da indústria cresceu 10%. No mesmo período a produção da indústria no Brasil caiu 15%. Isso repercute na economia como um todo, e afeta sobremaneira cidades como Guarulhos onde a indústria já foi carro chefe da economia. A indústria brasileira há 40 anos atrás significava 22% de toda riqueza nacional produzida num ano, o PIB do país. Hoje significa apenas 11% do PIB. Mesmo assim o Brasil ainda é o nono país industrial do mundo. Mas, se continuar nesta toada vai perdendo posições. Os dados são de economistas em estudo publicado hoje no jornal O Estado de São Paulo. A indústria brasileira não consegue crescer por mais de um motivo: a estagnação da economia brasileira como um todo na crise que vem desde 2014; a falta de estímulo estatal como acontecia com a obrigatoriedade de peças nacionais na indústria automobilística ou com os incentivos à indústria naval; a retração da presença do BNDES; a violenta crise da Argentina, grande consumidora de produtos industriais brasileiros; além da constante competição mundial, da qual a China é dos maiores exemplos.

 

RESISTÊNCIA DE LULA COMPLICA A VIDA DE PROCURADORES E JUÍZES DA LAVA JATO

Todo preso aspira pela liberdade. Mas, o ex-presidente Lula declarou em carta de próprio punho que não troca sua dignidade pela liberdade. Como ele se considera injustiçado e preso por uma conspiração política para impedi-lo de ser candidato a presidente, não aceita nenhum benefício patrocinado por seus algozes. Toda a equipe de procuradores da República que atuam em Curitiba na chamada força-tarefa da Lava Jato pediu à juíza de execuções penais que transfira Lula do regime fechado para regime domiciliar com tornozeleira eletrônica, o chamado regime semiaberto, em que a vida do condenado é monitorada à distância.  Os procuradores, cujo prestígio está em baixa depois da revelação de suas articulações políticas em rede social entre si e com o juiz que condenou Lula, pretendem se adiantar a decisões que estão sendo tomadas no Supremo Tribunal Federal. O ex-presidente preso declarou na carta que espera do Supremo Tribunal Federal o reconhecimento de que foi preso por razões políticas e não pelas razões que levaram o atual ministro da Justiça a condená-lo. E que por isso espera a liberdade plena.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload