© 2017 gru360 / Aqui Guarulhos se encontra em 360 Graus 

FIQUE LIGADO: CHUVAS DESTA SEGUNDA-FEIRA (10) PROVOCAM INUNDAÇÕES EM MUITOS BAIRROS DE GUARULHOS E MAIS NOTÍCIAS

February 10, 2020

CHUVAS CAUSAM GRANDE SOFRIMENTO E PREJUÍZOS TAMBÉM EM GUARULHOS NESTA SEGUNDA (10)

As chuvas fortes da madrugada e durante o dia desta segunda-feira (10) causaram inundações ou desmoronamentos das margens de córregos em mais de 30 locais em Guarulhos. A bacia do Rio Baquirivu, com vários córregos afluentes, foi a mais afetada. A Avenida Jamil João Zarif, totalmente bloqueada virou um rio na entrada de pedestres para o aeroporto e invadiu parte das Malvinas. Outros pontos de inundação: Avenida Panambi, em Cumbica e a Estrada do Elenco, no Jardim Bananal, Terminal de ônibus do Taboão, parte baixa da Ponte Alta, Jd. Santa Rita e Kawamoto, Vila Rio, comunidade atrás do Sesi, Haroldo Veloso, Seródio, Vila Ani e Vila Izildinha nos Pimentas, Avenida Salgado Filho, etc.  

 

CAUSAS DAS ENCHENTES 

A maior causa é a invasão urbana das várzeas de córregos e rios. Além disso, o solo coberto de asfalto e cimento. Mas o problema ficou maior quando a atual administração de Guarulhos não fez o aprofundamento e limpeza dos córregos no período da estiagem. E a Prefeitura não consegue atender as consequências porque praticamente zerou os recursos para Defesa Civil. 

 

GOVERNO DO ESTADO TAMBÉM TEM RESPONSABILIDADE

No final da década de 1990, o governo do estado, por razões políticas, bancou a canalização do Rio Baquirivu Arujá de onde correm as águas para Guarulhos, onde o rio não foi canalizado pelo governo estadual. Foi um erro estrutural intencional, contra toda técnica recomendada. A canalização tem que começar na parte baixa do rio indo para a alta. Com a canalização feita em cima sem fazer embaixo, a velocidade das águas lá é maior, e se reduz e transborda na parte mais baixa não canalizada.

 

MEDIDAS NECESSÁRIAS CONTRA AS INUNDAÇÕES

Se todas as inundações não conseguem ser evitadas porque a cidade avançou sobre o território do rio, elas podem ser reduzidas com obras de aprofundamento, limpeza e remoção dos obstáculos dos rios. Isto tem que ser feito na época da estiagem. E progressivamente dando alternativa a quem mora em casas que sufocam os rios, liberando suas margens. No caso específico do Baquirivu a solução é canalizar o trecho de Guarulhos desde a divisa com Arujá, no Jardim Álamo, até as margens da Rodovia Hélio Smidt no Taboão.

 

Apoio:

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload