© 2017 gru360 / Aqui Guarulhos se encontra em 360 Graus 

FIQUE LIGADO: PREJUÍZOS E CONSEQUÊNCIAS DAS ENCHENTES DE FEVEREIRO E MAIS NOTÍCIAS

February 12, 2020

Comentários do ex-Prefeito Elói Pietá 

 

PREJUÍZOS E CONSEQUÊNCIAS DAS ENCHENTES DE FEVEREIRO  

Os prejuízos das enchentes destas duas semanas na Grande São Paulo atingiram famílias que, nas casas alagadas, perderam móveis, aparelhos domésticos, roupas, alimentos; atingiram comerciantes que perderam suas mercadorias; donos de veículos tomados pelas águas; lojas e empresas que tiveram suas vendas ou atividades interrompidas; transporte que parou de funcionar. Além de todas as outras atividades que deixaram de acontecer e o sofrimento de quem ficou horas e horas parados em vias públicas ou sem condução para se deslocar.

 

POLÊMICA SOBRE AS CAUSAS DAS ENCHENTES

Não há dúvida de que na maneira como são ocupados os espaços, a maior causa das enchentes que tomam ruas, casas, empresas, equipamentos públicos, está no avanço de construções e ruas sobre as várzeas de rios e córregos. Nos dias normais eles se comportam como as pessoas querem. Mas quando a chuva vem com mais intensidade num tempo menor, como metade das chuvas do mês concentradas em 24 horas, os rios e córregos retomam seu espaço original agora ocupado. Com mais água que corre rápida pelo asfalto e pelos espaços cimentados. Ao  poder público desta forma resta minimizar os problemas: aprofundar os córregos, limpá-los, tirar obstáculos, canalizar, como fazíamos durante todo período de estiagem, o que deixou de ser feito nos anos recentes.

 

OS ERROS DO GOVERNO ESTADUAL E FEDERAL QUE PREJUDICAM GUARULHOS 

Até hoje Guarulhos sofre por uma decisão política do governo estadual na década de 1990: canalizar o rio Baquirivu no trecho de Arujá, mais alto, ao invés de começar em Guarulhos e subir até Arujá. O resultado é que as águas correm a uma velocidade maior no trecho canalizado e mais lentas no trecho sem canalização, onde transbordam pelo volume então travado. É isso que acontece no Álamo, no Presidente Dutra, no Seródio e Haroldo Veloso, na avenida Jamil Zarif, no Taboão. Outro erro, este federal, são as passagens estreitas das águas por baixo da Via Dutra. Elas são represadas em vários pontos de vários bairros de Guarulhos. Não há outra solução senão a canalização total do rio Baquirivu, e o alargamento das passagens sob a Dutra.

 

DÊ SUAS SUGESTÕES SOBRE MEDIDAS ADEQUADAS E POSSÍVEIS PARA O PROBLEMA DAS ENCHENTES

Apoio: 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload