© 2017 gru360 / Aqui Guarulhos se encontra em 360 Graus 

FIQUE LIGADO: SISTEMA MUNICIPAL DE SAÚDE DE GUARULHOS NÃO ESTÁ PREPARADO PARA O CORONAVIRUS E MAIS NOTÍCIAS

March 17, 2020

O SISTEMA MUNICIPAL DE SAÚDE NÃO ESTÁ PREPARADO PARA O CORONAVIRUS

Terão o HMU, o Hospital da Criança, e o Hospital dos Pimentas, UTI e leitos disponíveis para isolamento e tratamento de suspeitos ou infectados do coronavirus? Estarão disponíveis os exames para detectar se sintomas ou convivências revelam a doença em pessoas da cidade? Estará o sistema municipal, com enorme deficiência de médicos, PAs, UPAs. UBSs lotadas, disponível para atender e encaminhar os casos suspeitos, além de dar conta da pressão já anterior sobre os funcionários e funcionárias do sistema de saúde? Infelizmente, a simples mudança de titular da secretaria da Saúde, não irá suprir estas demandas nos poucos meses que restam da atual administração. Esperamos que os hospitais estaduais do Cecap e da Tranquilidade estejam mais preparados para este desafio.

 

CONHEÇA MAIS SOBRE O NOVO SECRETÁRIO DA SAÚDE DE GUARULHOS

 

O quarto secretário da Saúde em Guarulhos, em três anos e três meses do mandato do atual prefeito, o médico José Mário Clemente, é cardiologista, tem consultório particular, mas na Prefeitura atendia como clínico geral. Cumpria parte de sua jornada na Secretaria da Saúde na equipe da secretária Dra. Ana Cristina, recém demitida. Ele foi, junto com seu colega Eduardo Carneiro, líder do prefeito na Câmara Municipal, um dos que indicou a secretária exonerada. Na época, afirmou que ela seria “a melhor secretária da Saúde que Guarulhos já teve”. O quadro dramático mostra que errou na previsão.

 

DR. JOSÉ MÁRIO JÁ FOI VEREADOR EM GUARULHOS

Eleito em 2008, o novo secretário da Saúde exerceu o mandato de vereador por quatro anos. Pertencia ao PTN, depois migrou para o PSDB e mais tarde para o PSB, partido do prefeito. Apoiou nas eleições de 2016 o vereador Eduardo Carneiro, que, com ele e com o atual prefeito estavam entre os maiores críticos da saúde da gestão que antecedeu a atual. Agora terá que lidar com um cenário mais difícil, agravado pela chegada da epidemia do coronavirus. Talvez, sua experiência parlamentar inspire, nesta emergência, a busca de apoio independente das siglas partidárias e das disputas eleitorais de 2020.

Apoio:

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload