FIQUE LIGADO: QUEDA DE 28% NA PRODUÇÃO DE VEÍCULOS AFETA FÁBRICAS DE GUARULHOS E MAIS NOTÍCIAS

May 6, 2020

QUEDA DE 28% NA PRODUÇÃO DE VEÍCULOS AFETA FÁBRICAS DE GUARULHOS

O IBGE divulgou ontem a forte queda na produção de veículos no Brasil: 28% a menos no mês de março.  Guarulhos tem um forte setor industrial de autopeças. O que levou a uma retração enorme da produção, e até à paralisação total em alguns casos. Ainda não foram publicados os dados de abril. A queda será bem maior, uma vez que em março a paralisação quase completa da produção ocorreu a partir da metade do mês. A procura por veículos caiu 40% de janeiro ao fim de março. A previsão do presidente da FIAT para a América Latina é que a procura de veículos no Brasil vai cair 70% de abril a junho, 40% de julho a setembro, e 20% de outubro a novembro. 

 

TRABALHADORES DA CUMMINS GUARULHOS APROVARAM REDUÇÃO DA JORNADA E DE SALÁRIOS

A maior fábrica de autopeças em Guarulhos é a Cummins. A violenta retração do mercado automobilístico levou a direção desta empresa a fazer assembleia virtual com seus trabalhadores. O resultado foi a aprovação da redução da jornada e dos salários para preservar o emprego, A informação é que todas as fábricas de autopeças na cidade ou já seguiram ou estão seguindo o mesmo caminho depois que se esgotou o período de férias coletivas iniciado na segunda quinzena de março. Além da Cummins as metalúrgicas de autopeças que têm mais trabalhadores são a Dyna, a Continental, e a Uchin (antiga Valeô).  

 

PRODUÇÃO INDUSTRIAL NO BRASIL CAIU 37% NO RAMO DE VESTUÁRIO

A queda da procura de produtos industriais, as férias coletivas, a redução da jornada de trabalho, e mais outras medidas relacionadas à epidemia atual fizeram a produção industrial no Brasil desabar em março. O resultado pior virá no mês cheio de abril. Segundo dados do IBGE, a média de queda da produção industrial em março foi de 9%. Mas, a produção de ramos que têm fábricas em Guarulhos foi muito afetada.  Confecções e vestuário caiu 37%, tecidos 20% a menos, bebidas 19% a menos, plásticos e produtos de borracha 12% de queda. Até produção de remédios caiu 10% naquele mês. Só a indústria de alimentos sofreu menos, com queda de meio por cento. 

Apoio: 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

© 2017 gru360 / Aqui Guarulhos se encontra em 360 Graus 

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now