FIQUE LIGADO: PEQUENAS EMPRESAS TÊM DIFICULDADE DE ACESSAR CRÉDITO PARA SOBREVIVER E MAIS NOTÍCIAS

May 9, 2020

PEQUENAS EMPRESAS TÊM DIFICULDADE DE ACESSAR CRÉDITO PARA SOBREVIVER

Entre empreendedores, os pequenos empresários junto com os micro e autônomos sem dúvida são os mais prejudicados pela crise atual. No início de abril o governo federal fez acordo do BNDES com bancos privados para um empréstimo-socorro que garante por dois meses o pagamento de até dois salários mínimos a cada empregado de pequena empresa que demanda o crédito. O problema é que poucas conseguiram este empréstimo, que tem seis meses de carência e o aval do diretor da empresa para pagamento futuro. O BNDES entra com 85% do valor e os bancos privados com 15%. Mesmo assim os bancos privados não facilitam. Tem casos que chegam a demorar 45 dias para sair o recurso. 

 

NOTA-SE AUSÊNCIA DE APOIO DA PREFEITURA DE GUARULHOS ÀS EMPRESAS

Assim como dezenas de milhares de guarulhenses não têm apoio da Prefeitura na busca de obter o auxílio emergencial de 600 reais, também a Prefeitura está ausente no apoio necessário, ao menos de orientação, para que micro e pequenos empresários, seja do comércio, dos serviços e da indústria possam acessar algum socorro para não quebrar nesta crise. 

 

COMÉRCIO EM GERAL DESABOU EM ABRIL

Para o comércio em geral na Grande São Paulo, a estimativa de queda de vendas em abril é de cerca de 60%. Já tinham caído por 50% em março. Esta é a média. Alguns ramos, como o de alimentos, e outros que permaneceram abertos, caíram em vendas, mas mantiveram giro de capital. Quem manteve comércio pela internet, algum resultado obteve. Mas o perigo é a quebradeira de muitos pequenos. É hora de os governos olharem pelos pequenos comerciantes e prestadores de serviços. Dois meses apenas de socorro será muito pouco. Os problemas vão continuar agudos ao longo de muitos próximos meses.

Apoio:

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

© 2017 gru360 / Aqui Guarulhos se encontra em 360 Graus