FIQUE LIGADO: A ECONOMIA VAI SOFRER MAIS SE MILHÕES DE PESSOAS FICAREM DOENTES E MAIS NOTÍCIAS

May 15, 2020

NÃO DÁ MAIS! UM CAPITÃO QUE NÃO É MÉDICO QUER DAR RECEITA DE SAÚDE NO BRASIL 

Não dá mais! O presidente da República quer ditar regras como se fosse especialista em saúde. Faz quase três séculos que o mundo derrubou a monarquia absoluta, onde o rei decidia sobre tudo e sobre a vida e a morte das pessoas. O Brasil está regredindo séculos. A mais recente demonstração disso é que nenhum médico aguenta no Ministério da Saúde. O militar presidente, que não é médico, quer receitar remédio contra esta doença nova. Quer acabar com o único remédio até aqui eficaz contra o espalhamento da epidemia, o isolamento social. Depois do médico Mandetta sai o médico Teich. Nem deu tempo para aprender o nome dele. 

 

A ECONOMIA VAI SOFRER MAIS SE MILHÕES DE PESSOAS FICAREM DOENTES

Não é o isolamento social que sufoca a economia. É a epidemia que a sufoca. A economia brasileira vai ser um desastre completo se 1 milhão de pessoas ficarem doentes desta epidemia, com dezenas de milhares morrendo nas UTIs, e outros tantos morrendo em casa quando faltarem vagas nos hospitais. Hoje, no Brasil, a cada 100 pessoas confirmadas de terem a nova doença, 7 morrem.  Atualmente há 202 mil casos confirmados no Brasil com 14 mil mortes. Se a epidemia atingir 1 milhão de pessoas, serão 70 mil condenados à morte, e assim por diante. Não há economia que consiga funcionar  se a epidemia não for controlada e cada vez haja mais pessoas infectadas e doentes nos locais de trabalho.  

 

O PRESIDENTE JÁ HAVIA NOMEADO UM GENERAL PARQUEDISTA PARA VICE NA SAÚDE

Agora tem general e não um civil na Casa Civil da presidência da República. Tem um general no Ministério da Defesa, que foi criado no governo Fernando Henrique para lá colocar o poder civil para compensar o poder do general comandante do Exército, do almirante comandante da Marinha, e do brigadeiro comandante da Aeronáutica. Tem general na Secretaria de Governo para relação com o Congresso Nacional e com o Judiciário. Tem agora general paraquedista e não médico como secretário executivo do Ministério da Saúde. Aos poucos todas as áreas do governo vão se militarizando, ao mesmo tempo em que o presidente comparece a manifestações de grupos que defendem a volta da ditadura, o fechamento do Congresso Nacional e do Supremo Tribunal Federal, e atacam jornalistas e órgãos da mídia.

Apoio: 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

© 2017 gru360 / Aqui Guarulhos se encontra em 360 Graus