FIQUE LIGADO: QUASE TUDO LIBERADO EM GUARULHOS COM O VIRUS SE EXPANDINDO E MAIS NOTÍCIAS

June 12, 2020

QUASE TUDO LIBERADO EM GUARULHOS COM O VIRUS SE EXPANDINDO

O prefeito de Guarulhos não resistiu às pressões, mesmo com o coronavirus crescendo seu espalhamento na cidade. Liberou, a partir desta sexta (12), shoppings, todo tipo de comércio e serviços (exceto educação e shows), com regras impossíveis de a Prefeitura controlar. O argumento colocado no decreto municipal reconhece que um número maior de guarulhenses irão para as UTIs. Mesmo com UTIs, a cada 100 contaminados 8 a 10 tem morrido na cidade. Além do enorme sofrimento de quem sobrevive nas UTIs. No decreto do prefeito a argumentação para antecipar a liberação aparece assim escrita: ”Considerando que o Município recebeu respiradores dos Governos Estadual e Federal, possibilitando a instalação de novos leitos de UTI e aumentando a capacidade da rede pública de Saúde”; e, “Considerando a contratação de leitos de UTI da rede privada”. 

 

DIRETOR DO INSTITUTO BUTANTAN CRITICA A REABERTURA ANTECIPADA

O médico Dimas Covas, diretor do respeitado Instituto Butantan, declarou que o plano de reabertura ainda não poderia ocorrer. Isto porque, segundo ele, com a curva de expansão da doença subindo, nenhum especialista, infectologista ou epidemiologista pode orientar sair das restrições. Ele afirma que no Estado de São Paulo a curva de contaminação continua subindo. E que a reabertura incentiva a circulação de pessoas e pode causar um segundo pico da doença.

 

CIDADES QUE SE ANTECIPARAM NA ABERTURA TIVERAM ATÉ 6 VEZES MAIS CASOS DA DOENÇA

Os dados mostram que cidades paulistas como Sumaré e Santa Bárbara do Oeste, que tiveram mais abertura das restrições e menos isolamento social, chegaram a crescer de 400% a 600% o número de casos de coronavirus entre 10 de maio e 10 de junho. Outras cidades, que como estas, abriram desde o dia das mães, tiveram uma movimentação de pessoas parecida com o Natal, e em média, nelas os casos da doença cresceram duas vezes e meia. Até a última quarta, dia 10, Guarulhos tinha 4.127 casos confirmados de Covid-19, e 347 mortes confirmadas por este motivo, mais 85 mortes em investigação. A média na última semana foi de 87 casos a mais por dia.

Apoio: 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

© 2017 gru360 / Aqui Guarulhos se encontra em 360 Graus