FIQUE LIGADO: BRASIL PERDEU 1 MILHÃO E 150 MIL EMPREGOS DE CARTEIRA ASSINADA E MAIS NOTÍCIAS

June 30, 2020

BRASIL PERDEU 1 MILHÃO 150 MIL EMPREGOS DE CARTEIRA ASSINADA

Este é o triste saldo dos cinco primeiros meses de 2020. São 1 milhão 150 vagas de emprego com carteira assinada, que não foram repostas no país. Pegando agora o último mês, maio, nele foram demitidas mais de 1 milhão de pessoas que tinham contrato formal de trabalho. As contratações que aconteceram no mesmo mês, 703 mil. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério da Economia, publicados nesta segunda (29). 

 

PELA ORDEM, SERVIÇOS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO SÃO OS QUE MAIS CORTARAM EMPREGOS

O setor de serviços foi o campeão do corte de vagas, e nele principalmente os setores de alimentação, hotelaria, escritórios, cultura, esportes, e recreação. Depois vem o corte de empregos na indústria (menos pedidos, menos produção, menos empregos). Quase empatado com a indústria vem depois o comércio na redução de empregos. Os setores menos afetados, que chegaram a substituir ou contratar foram a agricultura, a construção civil e alguns ramos do comércio que se mantiveram em atividade e até cresceram, como os supermercados.

 

SÓ 49% EM IDADE DE TRABALHAR ESTÃO EM ATIVIDADE NO PAÍS

Um dado que preocupa é que metade da população brasileira em idade de trabalhar não está trabalhando. Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, divulgada na sexta (26). Engana-se quem pensa em preguiça. A realidade é que a economia brasileira, do modo que é, rejeita pessoas que querem trabalhar e que o querem de uma maneira digna. 

 

A CRISE EXIGE DO GOVERNO RECURSOS EMERGENCIAIS

A crise atinge a sociedade em cheio. Daí a importância de garantir recursos emergenciais vinculados à manutenção de empregos nas atividades econômicas prejudicadas, especialmente pequenas e médias empresas, especialmente empréstimos a juros baixos e longos prazos de carência para pagar, e manter os auxílios emergenciais, pelo menos no valor de 600 mil, até que a crise passe. Assim se pode manter viva a economia como um todo.

 

NESTA TERÇA VAMOS FALAR SOBRE OS DADOS DE EMPREGO E DESEMPREGO DE GUARULHOS

Apoio: 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

© 2017 gru360 / Aqui Guarulhos se encontra em 360 Graus