FIQUE LIGADO: MAIS DE 17 MIL EMPREGOS FORMAIS CORTADOS EM GUARULHOS EM CINCO MESES

July 24, 2020

MAIS DE 17 MIL EMPREGOS FORMAIS CORTADOS EM GUARULHOS EM CINCO MESES

A queda dos empregos em Guarulhos teve o seu pico no mês de abril, mas continuou caindo em maio. Na próxima semana saem os dados de junho. Nos cinco primeiros meses deste ano, o corte foi de 17. 450 empregos de carteira assinada na cidade. O número total de trabalhadores assalariados com contratos de trabalho formalizados em Guarulhos ultrapassa um pouco 300 mil. A isso se acrescenta número similar de trabalhadores informais. O total, formal e informal, de trabalhadores em atividade estava em torno de 650 mil pessoas antes da pandemia. Os dados dos empregos de carteira assinada são coletados pelo antigo Ministério do Trabalho, atualmente apenas uma secretaria no Ministério da Economia. 

 

PREFEITURA PRECISA TER UM CENTRO DE DADOS DE EMPREGO NA CIDADE

Com o auxílio emergencial deu para ver que havia em Guarulhos dezenas de milhares de trabalhadores invisíveis para o poder público. Os que se cadastraram na Caixa e os que conseguiram o auxílio emergencial têm seus dados disponíveis na Caixa Econômica Federal. Mas, a Prefeitura perdeu a oportunidade de cadastrar os que não conseguiram se inscrever para o acesso ao auxílio emergencial, para tentar ajudá-los a obter o acesso ou ajuda-los de alguma forma. A prioridade da saúde não justifica o abandono de outra prioridade que é olhar a sobrevivência econômica.

 

O DRAMA DO DESEMPREGO EXIGE SOLIDARIEDADE DE TODOS NÓS

A maior queda de empregos formais em Guarulhos aconteceu na área dos serviços: bares, restaurantes, hotéis, transportes, educação privada, escritórios, diversão, cultura, cuidados pessoais.  Depois caíram muitos empregos em alguns ramos do comércio, e em alguns ramos da indústria. O problema tende a se agravar no segundo semestre. No final de julho, até o final de setembro, terminam as possibilidades legais de redução da jornada de trabalho e de suspensão de contratos, podendo agravar o desemprego, já alto antes da pandemia. É preciso muita solidariedade de todos nós com os desamparados. Participo do movimento #ajudaguarulhos, e convido você também a participar. É uma ação solidária centrada na Cáritas Diocesana, uma entidade séria, há 38 anos voltada à assistência social.  

Apoio: 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

© 2017 gru360 / Aqui Guarulhos se encontra em 360 Graus 

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now