FIQUE LIGADO: MOVIMENTO INTER-RELIGIOSO ATIVO EM AÇÃO SOLIDÁRIA

July 25, 2020

MOVIMENTO INTER-RELIGIOSO ATIVO EM AÇÃO SOLIDÁRIA

O poder público não chega a todas as famílias que passam por necessidade nesta crise. Ou não chega de modo a atender todas as necessidades essenciais. Daí a importância de tantas iniciativas de solidariedade que surgiram no início desta pandemia. Várias permanecem. Entre elas há uma que pratica a solidariedade unindo pessoas de várias religiões. É o movimento #ajudaguarulhos, no qual seus integrantes resolveram concentrar a arrecadação na Cáritas Diocesana, uma entidade assistencial que existe há 38 anos e que atua com muita seriedade.  A Cáritas fica na Rua Mandaguari, 124, Bom Clima, e seu fone é 2440-5752. A destinação final das doações às famílias não é feita na Cáritas. É feita nas casas das pessoas.

 

NA HORA EM QUE TERMINAR AO AUXÍLIO EMERGENCIAL, A POBREZA VAI EXPLODIR

Os auxílios governamentais nestes meses de pandemia chegaram a 43 % dos lares brasileiros, segundo o IBGE. O Instituto considerou tanto quem tinha recebido auxílio de 600 reais/mês, quanto quem recebeu alguma compensação por suspensão ou redução de salário. O valor médio recebido por família foi de 881 reais. O problema vai ser muito maior para o final deste ano, com uma projeção de novos milhões de desempregados. A medida que deveria ser adotada pelo governo é a manutenção destas medidas compensatórias até o fim da pandemia, fazendo um acompanhamento de quem retornou à renda anterior e pode por si atender às necessidades básicas. 

 

CATÓLICOS DE GUARULHOS VOLTARÃO COM REGRAS RÍGIDAS ÀS MISSAS  PRESENCIAIS

Participei de uma live com o bispo da Igreja Católica de Guarulhos, Dom Edmilson. Ele anunciou que na próxima semana vai orientar a abertura das igrejas para as missas, mas com regras muito rígidas.  Número limitado de fiéis para manter o distanciamento dentro da igreja, sem aglomerações na entrada ou na saída; uso obrigatório de máscaras; álcool em gel, e outras medidas a serem detalhadas. Dom Edmilson explicou que embora a Prefeitura tivesse autorizada a abertura em junho, a Igreja Católica de Guarulhos julgou que o crescimento da epidemia não aconselhava naquele momento a abertura. E que com a mesma cautela poderão no futuro ser dados novos passos, sempre cuidando de preservar a saúde dos fiéis. 

Apoio: 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

© 2017 gru360 / Aqui Guarulhos se encontra em 360 Graus 

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now